sexta-feira, 31 de maio de 2019

Paulo do Gás,assume comando da prefeitura de Camacan,após prefeito Oziel se licenciar para tratamento de uma Pancreatite;saiba o que é a doença,sintomas,tratamentos e causas


O prefeito de Camacan,Oziel Bastos,licenciado nesta quinta-feira,30, embarcou na madrugada de hoje,31,de Ilhéus, em uma  UTI  aérea com destino ao Hospital Santa Izabel,no bairro Nazaré,em Salvador,a decolagem do avião ocorreu por voo volta das 2:00h.Ele estava internado no Hospital Calixto Midlej Filho,em Itabuna.
     Foto enviada à nossa reportagem por Adiel Bastos,irmão do prefeito Oziel 
De acordo com informações,Oziel da Ambulância, fará exames mais complexos na unidade hospitalar pertencente a Santa Casa de Misericórdia de Salvador. Ele foi diagnosticado com pancreatite,o estado é delicado .
O prefeito de Camacan,Oziel Bastos,mais conhecido como Oziel da Ambulância, afastou-se do  do mandato para cuidar da saúde. Nesta quinta (30),o pedido de afastamento foi protocolado na Câmara de Vereadores. Durante o período em que o prefeito estiver afastado, o município será comandado pelo vice,Paulo do Gás.A posse do vice ocorreu na noite de 30 de maio passado.O afastamento tem validade de 90 dias,podendo ser prorrogado por igual período,caso haja necessidade.Estiveram presentes,além dos vereadores,o comandante da PM Local,o major Penalva,secretários municipais Valteci-da limpeza,Neilton Bahia-Administração,dentre outros convidados. 
Oziel está afastado do cargo há mais de 10 dias,após sentir fortes dores e ser transferido para o Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, onde foi diagnosticado que o prefeito estava com pancreatite (inflamação do pâncreas).Apesar da melhora no quadro de inflamação,Oziel continuou internado,sendo transferido para o Hospital Calixto Midlej Filho,em Itabuna,dias depois.
 O que é Pancreatite?
Pancreatite é a inflamação no pâncreas.O pâncreas é uma glândula localizada atrás do estômago no abdome superior.Entre as suas funções está fazer a digestão das gorduras e carboidratos que ingerimos usando o suco pancreático, substância que contém enzimas digestivas. Além disso, o pâncreas é responsável por produzir os hormônios insulina e glucagon.A insulina é responsável por reduzir as taxas de açúcar no sangue, ao passo que o glucagon tem o efeito contrário, aumentando essas concentrações.Assim o pâncreas funciona como dois órgãos existindo em um só.
Causas
Pancreatite ocorre quando as enzimas digestivas produzidas no pâncreas tornam-se ativadas enquanto no interior do pâncreas, causando danos ao órgão.Durante a digestão normal,as enzimas pancreáticas inativadas se movem através de dutos em seu pâncreas e viajam para o intestino delgado, onde as enzimas são ativadas e ajudam na digestão.Na pancreatite, as enzimas são ativadas quando ainda no pâncreas.Isto faz com que as enzimas destruam as estruturas das células,causando inflamação e os sinais e sintomas associados com a pancreatite.
Fatores de risco
Alguns fatores são considerados de risco para a pancreatite aguda e pancreatite crônica,incluindo:
Alcoolismo
Cálculos biliares
Cirurgia abdominal
Certos medicamentos
Tabagismo
Fibrose cística
Colangiopancreatografia retrógrada endoscópica,quando usado no tratamento de cálculos biliares
História familiar de pancreatite
Níveis elevados de cálcio no sangue(hipercalcemia),que podem ser causadas por uma glândula paratireoide hiperativa (hiperparatiroidismo)
Altos níveis de triglicérides no sangue (hipertrigliceridemia)
Infecção
Lesão no abdômen
Câncer de pâncreas.
Pancreatite pode ser hereditária?
O médico gastroenterologista Henrique Perobelli Schleinstein,indica que a pancreatite pode sim ser hereditária.existem casos de pancreatite crônica hereditária,uma doença autossômica dominante que acontece pela falha na produção de tripsinogênio,uma enzima pancreática e pode afetar jovens. 
Sintomas 
Dor abdominal superior
Dor abdominal que se irradia para as costas
Dor abdominal que se sente pior depois de comer
Náusea
Vômitos
Febre.
Sintomas de pancreatite crônica incluem: 
Dor abdominal superior intensa
Perder peso sem esforço
Fezes gordurosas e fedorentas(esteatorreia).
Outros sintomas de pancreatite incluem:
Febre
Ritmo cardíaco acelerado
Suor
Pele ou a parte branca dos olhos com cor amarelada(icterícia)
Choque.
Outras condições que têm sintomas semelhantes:obstrução intestinal, apendicite,colecistite,úlcera péptica,e diverticulite. 
Diagnóstico e Exames
Buscando ajuda médica
Marque uma consulta com seu médico se você tiver dor abdominal persistente.Procure ajuda médica imediatamente se a dor abdominal é tão grave que você não pode ficar parado ou encontrar uma posição que o torna mais confortável.A dor e o mal estar da pancreatite aguda geralmente levam a pessoa para o pronto socorro de forma urgente. 
Quando a dor abdominal é descrita como uma dor intensa em faixa,no meio do abdômen,que se irradia para as costas pode indicar problemas no pâncreas.
MÉDICOS;
Clínico geral
Gastroenterologista clínico
Cirurgião geral ou do Aparelho Digestivo. 
Diagnóstico de Pancreatite
Se o médico acha que você tem pancreatite,ele ou ela vai fazer perguntas sobre seu histórico médico e fazer um exame físico, juntamente com exames laboratoriais e de imagem.
Exames
Os principais exames a serem realizados para diagnosticar a pancreatite são:
Exames de sangue
Dois testes de sangue que medem as enzimas são usados para diagnosticar um ataque de pancreatite:
Amilase sérica:Um aumento de amilase no sangue geralmente indica pancreatite
Lipase sérica:Pancreatite aguda geralmente aumenta o nível de lipase no sangue.Às vezes na pancreatite crônica estes índices podem estar normais.
Outras análises de sangue podem ser feitas, tal como: 
Hemograma completo:O número de células brancas do sangue aumenta durante um ataque de pancreatite, por vezes de forma dramática
Testes de função hepática:Elevação das enzimas hepáticas, particularmente de alanina aminotransferase e fosfatase alcalina, pode ser um sinal de pancreatite aguda causada por cálculos biliares
Bilirrubina:O nível de bilirrubina no sangue pode aumentar se o ducto biliar comum é bloqueado, devido a inflamação no pâncreas.
Exames de imagem
Ultrassonografia abdominal
Tomografia computadorizada com contraste
Ultrassonografia endoscópica
Ressonância magnética
Colangiopancreatografia por ressonância magnética.
Outros exames
Nos casos de pancreatite crônica grave, uma análise de fezes pode ser feita para observar se há gordura nas fezes,o que é um sinal de que você pode não estar absorvendo nutrientes o suficiente. Isso acontece quando o pâncreas não produz as enzimas necessárias para digerir a gordura.
Tratamento e Cuidados
Tratamento de Pancreatite
O tratamento para a pancreatite geralmente requer hospitalização.Uma vez que sua condição está estabilizada e a inflamação no pâncreas é controlada,os médicos podem tratar a causa subjacente de sua pancreatite.
Medidas iniciais para controlar a inflamação no pâncreas são:
Jejum,para deixar o pâncreas em repouso
Hidratação venosa
Analgesia,já que não existem medicações eficientes para melhorar a inflamação no pâncreas.A inflamação melhora espontaneamente na maioria dos pacientes
Uma vez que a inflamação no pâncreas é controlada,você pode começar a beber líquidos claros e comer comidas com pouca gordura e proteína. Com o tempo,você pode voltar a sua dieta normal
Se a pancreatite persistir e você ainda sentir dor ao comer,o médico pode recomendar alguns medicamentos no sentido de controlar a dor e/ou repor as enzimas pancreáticas.
Quanto tempo você ficar no hospital dependerá de sua situação e da melhora do quadro da inflamação.Algumas pessoas se recuperam rapidamente,enquanto outras desenvolvem Complicações que exigem uma internação mais longa. 
Uma vez que a pancreatite está sob controle,a equipe de cuidados de saúde pode tratar a causa subjacente de sua pancreatite.O tratamento dependerá da causa da sua pancreatite, mas exemplos de tratamento podem incluir: 
Cirurgia para retirar cálculos da vesícula biliar cirurgia
Colangiopancreatografia retrógrada endoscópica
Cirurgia para drenar o líquido do pâncreas ou remover tecido doente
Tratamento para a dependência do álcool.
Pancreatite crônica
A pancreatite crônica pode exigir tratamentos adicionais,dependendo da sua situação.Outros tratamentos para pancreatite crônica podem incluir: 
Medicamentos para aliviar a dor
Dor severa pode ser aliviada com cirurgia para bloquear os nervos que enviam sinais de dor do pâncreas para o cérebro
Suplementos de enzimas pancreáticas para ajudar seu corpo a quebrar e processar os nutrientes nos alimentos que você come
Alterações em sua dieta.Um nutrólogo ou nutricionista pode ajudar a planejar refeições de baixo teor de gordura e ricas em nutrientes.
Pancreatite aguda
O tratamento para pancreatite aguda frequentemente exige hospitalização do paciente.Uma vez que a inflamação no pâncreas foi estabilizada e estiver sob controle,os médicos poderão investigar e tratar uma possível causa subjacente.O tratamento da condição que causou pancreatite aguda pode evitar crises repetidas da doença. 
No hospital,o tratamento oferecido geralmente envolve o uso de medicamentos, como: 
Analgésicos
Líquidos intravenosos
Interrupção da alimentação pela boca para limitar a atividade do pâncreas.
Em alguns casos, a terapia é necessária para: 
Drenar líquido que tenha se acumulado dentro e ao redor do pâncreas
Remover cálculos biliares
Aliviar bloqueios do duto pancreático.
Medicamentos para Pancreatite
Os medicamentos mais usados para o tratamento de pancreatite são:
Pancreatite tem cura?
De acordo com o gastroenterologista Henrique Schleinstein,existe cura para pancreatite, desde que seja tratada adequadamente e precocemente.Existem vários métodos endoscópicos como a colangiopancreatografia endoscópica que pode extrair cálculos e drenar a via biliar em casos graves.
Complicações possíveis
A pancreatite pode ser controlada com um estilo de vida saudável e tratamento médico,quando necessário.Entretanto,alguns pacientes desenvolvem complicações.Estas complicações são raras,mas são mais comuns em pessoas com pancreatite crônica:
Câncer de pâncreas
Diabetes
Subnutrição
Infecção pancreática.
Pacientes que têm pancreatite aguda também podem estar em risco de desenvolver Diabetes Mellitus no futuro. 
Prevenção
Você não pode impedir completamente a pancreatite causada por cálculos biliares.Mas você pode ser capaz de reduzir o risco de cálculos biliares se formarem mantendo um peso saudável,fazendo uma dieta equilibrada e praticando exercício físico regular.
Você pode reduzir a sua chance de ter pancreatite moderando seu consumo de álcool.A quantidade de álcool necessária para causar pancreatite varia de uma pessoa para outra. 
Fumar pode aumentar suas chances de ter pancreatite.Se você fuma,é uma boa ideia interromper. 
Referências
Revisado por: Décio Chinzon, gastroenterologista do laboratório Atalaia - CRM SP 49552 -
Henrique Perobelli Schleinstein - Gastroenterologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo
Mayo Clinic. Disponível em: https://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/pancreatitis/diagnosis-treatment/drc-20360233
Ministério da Saúde
S E VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com

ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-5577

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.