Regional Sul Fm 95,1

sábado, 30 de agosto de 2014

FOTOS : QUEBRA DO CACAU 2014

A prefeitura de Camacan realizou na manhã deste sábado 30,a tradicional QUEBRA DO CACAU,contando com a participação de diversas pessoas da comunidade e os mais ágeis quebradores de cacau,vindos de diversas fazendas da região.O vereador Aroldinho do Povo ,premiou diversas pessoas distribuindo ferro elétrico,grill,liquidificador e outros prêmios. Estiveram presentes além da prefeita Ângela ,secretária Bem Estar Social Niete Sena,educação Ilce Tourinho,Indústria e comércio Antonio Malta,padres Valdeni,Odenilton,a rainha do cacau Ana Carolina,rei Julimar Neres,princesa Dulcii Maria,secretário cultura Antonio Carlos Moura entre outros convidados.                                                                                                                                                                     ALGUMAS FOTOS DO EVENTO:A QUALQUER MOMENTO NOVAS SERÃO PUBLICADAS.
                                                                                           .....   PADRE VALDENIR
           PADRE ODENILTON ....
    Vereador Aroldinho do povo,Padre Odenilton ... Prefeita Ângela Castro,Padre Valdenir,Alan
                        Padre Odenilton... Padre Valdenir ,ver.Aroldinho do Povo,prefeita Ângela Castro
                                                      QUEBRA DO CACAU
    Competidores lutando contra o tempo,''a beleza da quebra do cacau''
                                                                
Secretária do Bem Estar Social Niete Sena e o Padre Valdenir  
 Paralelo ao evento acontecia Campeonato de Motocross..equipe Zumba..Márcio Mar Moto

         Padre Odenilton e  Sec.Cultura Antonio Carlos Moura
                       Padre Valdenir ...

HISTÓRIA DE CAMACAN

Em 1892 um grupo de agricultores, residentes à margem do Rio Pardo , fez uma viajem de reconhecimento até às nascentes do Rio Panelão. Esta excursão foi comandada por Antônio Elias Ribeiro e Manoel Elias Ribeiro, que fizeram o plantio dos primeiros cacauais na região. 

As enchentes do Rio Pardo, em 1895 e em 1905, destruindo grande parte das lavouras às suas margens, provocaram uma emigração dos agricultores locais. Muitos se fixaram no vale do Panelão, onde podiam desenvolver o planto de cacau sem o perigo das enchentes. 


A grande cheia do Rio Pardo, em 1914, expulsando mais gente para o vale do Panelão, fez surgir os primeiros núcleos de povoação da atual cidade de Camacan. Este nome vem de seus primitivos habitantes, os índios Camacã. 

Entre as figuras que tiveram atuação destacada na fixação e no desenvolvimento de Camacã estão Anízio Loureiro, José Barbosa, João Manoel, Eulino Vasconcelos, Urbano Soares, Jonga Veloso, João Barreto, Miguel Domingues, José Francisco, Os Guimarães e muitos outros. 

A primeira estrada de penetração ao vale do rio Pardo foi aberta em 1932 por iniciativa de Dr. João Vargens. Mais tarde, em 1946 essa estrada se estendeu desde a região do Vargito até a cidade de Itabuna, Ligando Camacan e toda aquela área ao centro das lavoura cacaueira. 

Em 30 de dezembro de 1953, através da Lei n.º 628, Camacan foi elevada a categoria de Distrito. Posteriormente, em 30 de agosto de 1961, Camacan passou a Município, através da Lei n.º 1.465, publicada no Diário Oficial de 1º de setembro de 1961. Contudo, a sua instalação só veio a ocorrer em 7 de abril de 1963, sendo Boaventura Ribeiro Moura o seu primeiro administrador. O seu sucessor, Anízio Vivas Mendes, nomeado interventor pelo Presidente Humberto de Alencar Castelo Branco, governou até setembro de 1966. 

Eleito em 15 de novembro de 1966, Estácio Carlos Araújo assumiu o Executivo Municipal em 1967. Em maio de 1970, assume o cargo de administrador Osvaldo Antônio Valverde, na época Presidente da Câmara. 

Em 2 de junho do mesmo ano, Diogo Lopes dos Anjos, assume a prefeitura de Camacan até dezembro de 1970. Seu sucessor, Flaviano de Jesus Filho governou no período 71/72. O padre Auxêncio da Costa Alves foi eleito e empossado a 1º de fevereiro de 1973. 

Camacan está situada na Microrregião cacaueira do Estado com uma área de 635,2 km2, e limita-se com  
os municípios de Jussari, Arataca, Santa Luzia, Mascote, Potiraguá, Pau ? Brasil e Itajú do Colônia.
Fonte: Professor Adeilton  Batista,Arataca
Autor do Histórico: LUIS MAFRA DE SANTANA

CAMACAN: QUADRA POLIESPORTIVA DO MUNICIPAL RECEBE COBERTURA

Anos se passaram e finalmente, a Quadra Poliesportiva do Colégio Municipal Luciano Santana recebeu cobertura. A obra ficou estipulada em R$ 176.111,77 e está em fase de finalização.  
Esse projeto faz parte dos recursos do PAC 2. Breve, os alunos do CMC estarão usufruindo desse espaço, que aliás, o visual pra quem está na parte de cima da cidade, é muito bonito. 

É importante lembrar que esses recursos só são disponíveis paras as prefeituras que estão em dia com suas certidões, regularizadas diante dos governos estadual e federal. 

Texto: Divisão de Comunicação da PMC

CAMACAN: NOVO POSTO DE SAÚDE PARA CIDADE ALTA

Está em ritmo acelerado a construção da Unidade Básica de Saúde, Porte I, na Praça 08 Março da Cidade Alta, ao lado da Quadra Poliesportiva, referente ao Programa de Requalificação das Unidades Básicas de Saúde, em parceria com o Ministério da Saúde.  
A nova Unidade está orçamentada em R$ 399.593,55, numa área de 260m.² A prefeitura está na verdade corrigindo um grande erro realizado na administração passada, quando construiu a Unidade de Saúde Narcísio Araújo, ou seja, a 100 mt de uma outra que já existia.

A Unidade de Saúde Euvaldo Maia que atende os moradores do Bairro Joana Angélica. Com a nova unidade nesse novo local, certamente a comunidade vai ser beneficiada e não vai mais precisar descer o morro.  Essa obra só foi possível, diante da responsabilidade que a prefeitura tem com suas certidões

Criança é atacada por cão da família em Porto Seguro; estado é grave


Cão que atacou criança é da raça rottweiler (Foto: Ilustração)
É grave o estado de saúde da criança de um ano e nove meses ferida pelo cachorro da família em Arraial d’Ajuda, distrito de Porto Seguro. Ela estava no quintal de casa quando foi atacada pelo animal da raça rottweiler. A menina teve ferimentos graves, principalmente no rosto e nos braços. A garota foi socorrida pela mãe e passou por cirurgia no Hospital Luís Eduardo Magalhães. Agora ela respira por meio de ventilação mecânica e é acompanhada pelas equipes de pediatria e neurocirurgia. (Radar 64)

OS 83 ANOS DA COLÔNIA Z-20

Muito parabenizada a diretoria da Colônia Z-20 de Pescadores e Aquicultores de Canavieiras, que concluiu a reforma e ampliação da sede da entidade. O fato foi comemorado com uma festividade a 1º de agosto, quando a Z-20 completava 83 anos de fundada. 
A Z-20 tem cerca de 1.500 associados, sendo que mais de 600 estão em pleno gozo de seus direitos. Amparo previdenciário e segundo-defeso são dois dos benefícios mais importante a que os pescadores têm acesso através da Z-20. 
Durante a cerimônia foram lembrados o fundador Jorge Aboud e outros pioneiros. Muito lembrado também o presidente Renvil Fernandes, morto no exercício do cargo. 

A reforma e ampliação da sede da Z-20 eram planos antigos de Renvil, que agora foram concretizados, disse o presidente Edimilson da Encarnação Souza. A obra só foi possível devido ao apoio dos demais diretores e de outros colaboradores, inclusive comerciantes, afirmou Edimilson. 
 Um dos membros mais antigos da Z-20, Ariston Rocha, 82 anos, entrou para a Colônia nos idos de 1949, quando tinha 16 anos de idade. Ele lembrou várias histórias a respeito da entidade e de seus membros, dizendo que o pescador de Canavieiras deve se sentir honrado em ter a Colônia ao seu lado.
Participaram também representantes da Marinha do Brasil, da Colônia de Pesca de Ilhéus e de entidades locais. Falaram também a professora Sueli Vasconcelos, fi - lha de Renvil Fernandes, e Maria da Glória representante do conselho feminino, entre várias outras pessoas. 
Pescadores e seus familiares e também convidados participaram em seguida de um coquetel de confraternização.  
Fonte/tabuonline

Santa Luzia - Povo é esclarecido sobre diabetes

Como cuidar do diabetes, inclusive com mudanças de hábitos e alimentação saudável, foi tema de palestra da enfermeira Marygilian Andrade, médico Júlio Leodan e nutricionista Zaine Araújo na unidade de saúde do bairro Belanísia. 
Cerca de 30 pessoas estavam presentes e tiveram também café da manhã. Presentes também o vereador Farlon Andrade e o secretário de Saúde Paulo Farias. O evento da prefeitura foi promovido por meio da Coordenação de Atenção Básica.

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

OBJETO DE MITO,VOTO NULO NÃO INVALIDA ELEIÇÃO

Se mais da metade dos eleitores optarem por anular o voto nas eleições, o pleito será invalidado, como muita gente acredita? E uma nova disputa terá que ser organizada num prazo de 40 dias, com novos candidatos? A resposta, em ambos os casos, é não.
 
O boato circula na internet há anos e ganha força durante o período eleitoral. Em uma rápida pesquisa, é fácil encontrar páginas e comunidades nas redes sociais que hasteiam a bandeira do voto nulo, apresentando-o como uma forma de protestar contra “tudo que está aí”. Os defensores dessa prática política argumentam que esse tipo de voto evidenciaria a insatisfação popular com os rumos atuais da política e a falta de identificação com os candidatos.
 
Protesto ou não, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem buscado esclarecer o tema. O entendimento da Justiça Eleitoral para a legislação em vigor é de que o voto anulado por vontade própria ou erro dos eleitores, mesmo se em quantidade superior à metade do eleitorado, não invalida a eleição.
 
- Se a pessoa não vai à urna ou vai e vota nulo, ela não manifesta a sua vontade em relação a nenhum dos candidatos. Se poderia até dizer que ela está fazendo um voto de protesto, mas as regras constitucionais brasileiras dão peso "zero" para esse voto de protesto. Ele não é considerado para o resultado das eleições -explicou o ministro do TSE Henrique Neves em recente entrevista.
 
Confusão
A confusão ocorre por uma interpretação equivocada do artigo 224 do Código Eleitoral, que prevê a necessidade de marcação de nova eleição se a nulidade atingir mais de metade dos votos do país. O grande equívoco dessa teoria reside justamente no que se identifica como “nulidade”.
 
De acordo com a TSE, essa nulidade não representa os votos nulos ou brancos - mas, sim, a votação em decorrência de fraudes, falsidades, coação, interferência do poder econômico e desvio e abuso de poder, além de propaganda ilegal que beneficiem um candidato em uma disputa majoritária. Assim, para que um pleito seja considerado inválido, provocando nova eleição, é preciso que mais de 50% dos votos sejam declarados nulos pela própria Justiça Eleitoral.
 
Outra possibilidade de anular o pleito é o indeferimento do registro de candidatura – por estar inelegível ou não estar quite com a Justiça Eleitoral - ou cassação do mandato do candidato eleito com mais de 50% dos votos válidos.
 
Legislação
Segundo a legislação, apenas os votos válidos contam para a aferição do resultado de uma eleição. Voto válido é aquele dado a um determinado candidato ou a um partido (voto de legenda). Os votos nulos não são considerados válidos desde 1965, conforme o Código Eleitoral (Lei 4.737/1965). Já os votos em branco não são considerados válidos desde que entrou em vigor a  Lei 9.504/1997 (Lei das Eleições). Esses votos, no final das contas, são registrados apenas para fins de estatísticas.
Efeito contrário
 
Como são descartados na apuração final, votos nulos e brancos podem, na verdade, ter o efeito contrário ao desejado pelos eleitores insatisfeitos com os atuais candidatos. Isso porque, na prática, implicam um número menor de votos válidos necessários para um candidato se eleger.
Em uma eleição majoritária hipotética com 100 eleitores, um candidato precisaria de pelo menos 51 votos válidos (50% + 1) para vencer a eleição em primeiro turno. Na mesma situação, se 20 desses eleitores votarem em branco ou anularem seu voto, apenas 80 votos serão considerados válidos e, dessa forma, estará eleito quem receber apenas 41.
 
Casos curiosos
Apesar de reverberar hoje na era da internet, a defesa do voto nulo como forma de protesto é antiga. O caso mais famoso foi o do rinoceronte Cacareco, que, transferido do Zoológico do Rio de Janeiro para a inauguração do Zoológico de São Paulo, obteve grande popularidade na capital paulista e, nas eleições de 1959, alcançou cerca de 100 mil votos para vereador - o partido mais votado não chegou a 95 mil votos.
 
Outro caso foi o do macaco Tião, que obteve de 400 mil votos nas eleições para prefeito do Rio de Janeiro em 1988, tendo sido o terceiro mais votado no pleito. Os votos para Cacareco e para seu sucessor foram considerados nulos pela Justiça Eleitoral.
 
Ambos os episódios ocorreram antes da adoção da urna eletrônica, quando os eleitores registravam seus votos em cédulas de papel, e podiam escrever o que desejassem nelas. Hoje a anulação se dá quando são digitados números que não correspondem a nenhum candidato ou partido.

                                                                                         Fonte/Agência Senado

Agenda: candidatos iniciam viagens ao interior nesta sexta


Lídice da Mata (PSB): viaja para Vitória da Conquista e inaugura comitê no município. À noite aproveita para prestigiar o Festival de Inverno.

Marcos Mendes (Psol): reuniões em Juazeiro e concede entrevista às rádios locais. Pela noite participa do lançamento da campanha de candidatos do PSOL no município.

Paulo Souto (DEM): faz caminhada no bairro de Castelo Branco, em Salvador. Depois, faz carreata em Cajazeiras. Pela tarde, viaja para Feira de Santana, onde participa de caminhada e inaugura comitê da chapa majoritária. À noite, Souto vai a Araci, onde faz comício.

Renata Mallet (PSTU): concede entrevista para TVE e se reúne com a assessoria de campanha.
Rogério Da Luz (PRTB): concede entrevista a um programa de TV e se desloca para Feira de Santana em carreata. À noite se reúne com a equipe de assessores.

Rui Costa (PT): grava programa eleitoral e viaja para Camamu, Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha e Taperoá

ALFINETADAS E AGRESSÕES! Veja as melhores frases dos candidatos no debate da Band Bahia

Foto: Henrique Brinco/Varela Notícias
Foto: Henrique Brinco/Varela Notícias
“Quem é o pior? O PT ou o DEM? O senhor dorme tranquilamente à noite?”
(Da Luz/PRTB)

Vivemos uma epidemia de violência na Bahia. Nesses últimos sete anos e meio, aconteceu um verdadeiro holocausto” 
(Paulo Souto/DEM)

“O que eles falaram é exatamente o que tem que ser feito, mas nenhum falou como se fazer, pois já tiveram oportunidades e não fizeram. Tanto o time do atraso, quanto o time da propaganda, mas a verdade é uma só, são mais do mesmo”
(Da Luz/PRTB)

“Serei um líder político, não um contador que perguntará se tem ou não orçamento.”
(Rui Costa/PT)

Foto: Henrique Brinco/Varela Notícias
Foto: Henrique Brinco/Varela Notícias
“Vossa excelência [Rui Costa] como secretário da Casa Civil não conseguiu fazer as barragens prometidas pelo atual governo. Agora promete fazer o eixo sul da transposição, que é obra do governo federal, não é do estado. E não vai fazer 10 barragens, como não fez duas”
(Lídice da Mata/PSB)

“Ele disse que recebeu o hospital de Alagoinhas completamente destruído. Queria que ele me falasse quem entregou para ele tudo destruído. Foi o ex-senador Antônio Carlos Magalhães?”
(Rui Costa/PT)

“O Palácio de Ondina vai ser transformado no museu da incompetência administrativa. O que produz a Casa Civil? Sonhos e ilusões? O que produz tantas secretarias que não tem função nenhuma? Para que a Secretaria de Turismo se temos a Bahiatursa?”
(Da Luz/PRTB)

“Na época do carlismo haviam os processos que serviam para barganhar. Existe um esquema muito grande dos precatórios. A legislação baiana e brasileira atenda as necessidades. O problema é a ingerência política” 
(Marcos Mendes/PSOL)

Foto: Henrique Brinco/Varela Notícias
Foto: Henrique Brinco/Varela Notícias
“Quero aproveitar para saber porque Rui Costa está preocupado com minhas questões sobre a saúde. O senhor talvez seja o único que não parece se preocupar com a segurança pública e da saúde.”
(Paulo Souto/DEM)

“Sou uma defensora do financiamento público de campanha. No entanto, a lei eleitoral atual permite o financiamento de empresas privadas. Não sou rica, não sou milionária.”
(Lídice da Mata/PSB)

“O governador anda de helicóptero, a um custo de R$ 56 mil por dia, para não pegar congestionamento. Deveria acordar mais cedo para trabalhar”
(Da Luz/PRTB)

ITAPEBI: POLICIA FEDERAL FAZ OPERAÇÃO NA PREFEITURA

Nesta quinta-feira alguns agentes da Policia Federal estiveram na prefeitura de Itapebi. Os policiais estavam a procura do prefeito Francisco Brito (PSC), mas o mesmo não foi encontrado, e a intimação foi entregue para o secretário de administração. 
Os policiais foram até a residência do alcaide, mas o mesmo não foi localizado.O prefeito Francisco Brito não aparece na prefeitura há mais de 60 dias, a situação na prefeitura é de caos. Segundo informações, a policia federal está realizando uma investigação sobre supostas irregularidades no governo municipal.Por conta da investigação da Policia Federal teve membros do governo que ficaram desesperados, contratando advogados e saindo do município.

BAHIA LANÇA MASCOTE CONTRA RACISMO

O Bahia lançou a Lindona do Bahêa, hoje, em resposta a mais um caso de racismo no futebol brasileiro. Ontem (28), o goleiro Aranha, do Santos, foi chamado de “macaco” por torcedores do Grêmio em jogo válido pela Copa do Brasil, em Porto Alegre.
O time de Aranha venceu o jogo por 2 a 0, na Arena do Grêmio, mas parece que está cada vez mais difícil vencer o racismo nos campos brasileiros. Confira a mulher-maravilha Lindona do Bahêa, que fará par com o super-homem tricolor.