quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

CRENÇA POPULAR:Conheça os alimentos que não são indicados para comer na virada do ano

Peru de Natal não é o alimento mais indicado para a celebração do ano novo (Foto: Divulgação)
Peru de Natal não é o alimento mais indicado para a celebração do ano novo (Foto: Divulgação)
Redação VN
O fim de 2016 está chegando. Este ano foi repleto de grandes acontecimentos, mudanças no panorama político mundial, tragédias em todo o mundo, ataques terroristas e também de grandes eventos que animaram todas as pessoas no cenário mundial. 

A virada do ano, naturalmente, remete a algumas tradições na hora da última refeição e algumas crendices populares indicam quais são os alimentos que são indicados para serem ingeridos. Ou seja, os alimentos que foram consumidos no Natal podem não ser as melhores opções para serem feitos no ano novo.
Além da crença das aves, que não podem ser ingeridas porque “ciscam pra trás” e que isto poderia fazer com que o ano da pessoa que coma “fique andando para trás”, outros alimentos não são bem vistos para a virada do ano e o Varela Notícias está fazendo uma lista sobre isto. Saiba quais são os cinco principais alimentos que devem ser evitados na passagem de ano e o porquê deles não serem indicados.
Peru de Natal não é o alimento mais indicado para a celebração do ano novo (Foto: Divulgação)
Peru de Natal não é o alimento mais indicado para a celebração do ano novo (Foto: Divulgação)
1- Peru de Natal: A crença popular acredita que comer peru no dia da virada do ano pode fazer com que o ano “ande para trás” e que ao invés de progresso, o retrocesso seja uma das temáticas do ano seguinte. Isso porque o peru, como algumas aves, tem o hábito de “ciscar para trás”. Não se sabe ao certo de quando surgiu esta tradição e de qual povo trouxe esta crença, porém, para os mais crédulos, não custa nada evitar certos costumes.
Apesar de ser mais leve, o frango também não é indicado para comer no final do ano (Foto: Divulgação)
Apesar de ser mais leve, o frango também não é indicado para comer no final do ano (Foto: Divulgação)
2- Frango: O caso do frango é muito parecido com o do peru. Apesar que, a depender da maneira que for preparado, ser mais saudável que o peru, o frango também é uma ave que tende a ciscar para trás, ou seja, segundo tradições antigas e crenças populares, a pessoa que o ingere deve ter uma vida marcada pelo retrocesso. 

Nem o tradicional pernil de porco escapou de crendices negativas (Foto: Divulgação)
Nem o tradicional pernil de porco escapou de crendices negativas (Foto: Divulgação)
3- Carne de Porco: Sim, apesar de muita gente dizer que comer carne de povo ser um indicativo de progresso na vida da pessoa que come ele na hora da virada, porque ele “fuça para frente”, este alimento, em algumas tradições, pode não ser o mais indicado, pois ele tem o chamado “saco furado”, ou seja, o que entra pela boca, sai rápido, o que pode não ser um presságio muito bom para o ano de um ser humano.
Frutas espinhosas também não são indicadas para a passagem do ano (Foto:  Divulgação)
Frutas espinhosas também não são indicadas para a passagem do ano (Foto: Divulgação)
4- Abacaxi: O abacaxi pode ser uma surpresa para muitos por estar nesta lista, porém apesar de ser uma fruta saudável e de fazer bem para todos durante praticamente todo o ano, não é indicada para ser ingerida no período final do ano porque se trata de uma fruta espinhosa e, segundo tradições populares antigas, os espinhos “repelem coisas boas da vida” no ano seguinte.  

Frutas espinhosas também não são indicadas para a passagem do ano (Foto: Divulgação)
Frutas espinhosas também não são indicadas para a passagem do ano (Foto: Divulgação)
5- Jaca: A jaca também é um alimento saudável e também é recomendável que seja ingerida durante todo o ano, porém também é uma fruta espinhosa, e, por causa dos mesmos motivos do abacaxi, não é um alimento indicado para se passar a virada do ano.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.