quinta-feira, 2 de junho de 2016

CAMACAN: Preso servente de pedreiro acusado de estuprar menina de 6 anos

O servente de pedreiro pedreiro Lucas Martins dos Santos, 26 anos, residente na Rua Gracinha Loureiro, nas Casas populares da Cidade Alta, foi preso na noite desta última quarta-feira (1º), pela Guarnição PETO da Polícia Militar, por estuprar uma menina de apenas 6 anos, no interior de sua residência.
De acordo com a Polícia, o homem vinha abusando sexualmente da criança frequentemente.Segundo informações das autoridades Civis e Militares à reportagem d’o O Tempo Jornalismo, a criança que é filha de uma vizinha, que havia dois anos, que vinha sendo cuidada pela esposa do servente de pedreiro, e ele aproveitava os momentos que sua esposa, a cuidadora se ausentava para estuprar a menina.
A mãe da criança disse às autoridades policiais, que ao banhar a criança na noite desta quarta-feira, a filha se queixou  de muitas dores na genitália, e revelou que o vizinho Lucas, tinha lhe abusando com atos libidinosos.
Disse também que a ação perversa, vinha ocorrendo há muito tempo.Segundo ainda informações policiais, o servente de pedreiro vinha ameaçando a criança, para não contar os abusos à sua esposa nem para sua mãe. Quando a criança contou o que vinha ocorrendo, a mãe acionou a Polícia Militar, pois populares tentaram linchar o acusado, quando ficaram sabendo do estupro.
A criança foi encaminhada para exames de lesões corporais na Fundação Hospitalar de Camacan.Quando a polícia chegou ao local ele estava escondido atrás de um muro, pois temia a revolta da população e assim não resistiu à pisão. O delegado Franceso Denis da Silva Santana, enquadrará o acusado no Art. 217-A. ato libidinoso e conjunção carnal, ou estupro de vulnerável.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.