terça-feira, 26 de abril de 2016

Morte de médica cubana é confirmada por gripe H1N1

Créditos: Fonte Pessoal/ Facebook
A médica cubana Clara Elisa Gonzales, de 42 anos, morreu na noite da última terça-feira (19), em Barreiras, oeste da Bahia, com suspeita de gripe H1N1. Hoje, terça-feira (26), o caso foi confirmado através da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), após o resultado de exames de laboratório, que a morte aconteceu por causa da H1N1.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.