sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Eleições 2016: boca de urna digital toma espaço do corpo a corpo nas ruas

Eleições 2016: boca de urna digital toma espaço do corpo a corpo nas ruas
De acordo com especialistas, o contato direto corpo a corpo com os eleitores feitos por cabos eleitorais profissionais está perdendo cada vez mais espaço para o ‘dedo a dedo online’ no Whats App, Facebook e Twitter.
Graças à internet fácil nos smartphones, tablets e notebooks, é cada vez maior o peso do bate-papo nas redes sociais nas decisões políticas dos eleitores. Com isso, o corpo a corpo convencional perde espaço.
Segundo o Ibope, as conversas com amigos e parentes caíram à metade na hora de o eleitor escolher candidato, enquanto as interações digitais foram multiplicadas por seis. “Essa revolução de comportamento terá impacto determinante nas eleições deste ano”, amalisa José Roberto de Toledo, especialista no ramo.
             
Mais dados - Em dezembro de 2015, apenas 22% dos eleitores pesquisados disseram que a conversa presencial com cônjuges, parentes, amigos e colegas de trabalho era muito importante para decidir em quem votar. Esse número em 2008 era de 47%.

A queda a importância das conversas cara a cara está relacionada diretamente ao crescimento explosivo das consultas a sites na internet: subiu de 3% para 14% a fatia de brasileiros que cita esse meio de informação eleitoral como fonte de informação para decidir o voto.
Depois
REDES – Na mesma pesquisa do Ibope, as redes sociais (Facebook, WhatsApp e Twitter), ignoradas em 2008, são lembradas hoje por 5% dos eleitores. Somando-se sites e redes, os meios digitais influenciam 19% do eleitorado, empatando, tecnicamente, com a propaganda eleitoral oficial (19% de citações como fonte de informação), com as conversas com amigos e parentes (22%) e com o rádio (18%). Só perdem para a TV, cujo prestígio segue aparentemente inabalado, citada por 48% em 2008, foi lembrada por 51% em 2015.  Os meios impressos (jornais e revistas) oscilaram de 12% para 10%, ainda segundo o Ibope.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.