sábado, 26 de setembro de 2015

Ex-PT, Marta Suplicy se filia ao PMDB e aposta em Temer para reunificar o país

Ex-PT, Marta Suplicy se filia ao PMDB e aposta em Temer para reunificar o país
Foto: Agência Brasil
A partir desse sábado (26), a senadora Marta Suplicy passa a ser filiada ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro, o PMDB. A oficialização aconteceu em cerimônia no Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Tuca) e contou com liderança nacionais do partido como o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ), o presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), e do presidente da República em exercício, Michel Temer. “O PMDB soube devolver a nós o que há de mais valioso na vida, a liberdade, o direito de ir e vir, de mudar de ideia. Isso já foi mencionado, e foi uma das coisas que eu mais gostei do PMDB. Eu senti que eu caibo por causa disso, é um partido amplo”, disse a senadora.
Suplicy também comentou a sua saída do PT em abril e afirmou apostar em Temer para reestruturar o país.  “Vocês sabem que tem algumas decisões na vida que são muito difíceis, não são fáceis de serem tomadas. Mas eu sempre tive como norma que diante de relações conflituosas sem a menor perspectiva de melhora, e que ferem os nossos princípios, o melhor caminho a se tomar, por mais doído que seja, é o do rompimento (...) a gente quer um Brasil livre da corrupção, livre das mentiras, livre daqueles que usam a política como meio de obter vantagens pessoais. Afinal, estou no PMDB do Doutor Ulysses, que democratizou o país. E no PMDB do doutor Michel, que vai reunificar o país”, disse.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.