quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

João de Deus é indiciado por violação sexual mediante fraude


A Polícia Civil indiciou João de Deus pelo crime de violação sexual mediante fraude cometida contra uma mulher que buscou atendimento espiritual com o médium, registra o G1. 
É a acusação mais recente de abuso sexual que teria sido cometido pelo médium –segundo a vítima, de 39 anos, o crime aconteceu em 24 de outubro deste ano, quando João de Deus colocou o pênis para fora da calça em seu “atendimento”. Caso seja condenado pelo crime, João de Deus pode pegar até seis anos de prisão.
SE VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com

ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-5577

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.