sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Camacan:Quedas constantes de energia elétrica no Bairro Joana Angélica prejudica pacientes do Posto Narciso Araújo;A Coelba só visa lucro?


Na manhã desta sexta-feira 14,o Posto de saúde Narciso Araújo,localizado no Bairro Joana Angélica,cidade de Camacan sofreu mais uma queda de energia elétrica, o que resultou em um novo caos recorrente na localidade, a falta de potência elétrica,que alcançou dezenas de pontos de energia servidos pela concessionária COELBA,deixa prejuízos no atendimento médico e causa, muitas vezes, a perda e ou danificações em equipamentos médico-odontológicos.''Isso aqui é direto'',diz um funcionário do posto.
 Salientamos que no bairro existem outras unidades importantes para a população,como:SAMU,CRECHE,CRAS,CREAS,Etc,que precisam de uma energia com qualidade.
Nos últimos anos a queda de luz nas áreas de fornecimento de energia elétrica sob responsabilidade desta concessionária tornou-se recorrente.Tanto é verdade que a Prefeitura já protocolou alguns pedidos de manutenção diante das reiteradas interrupções de energia ocorridas,garante um assessor do prefeito.Será que a Coelba não sabe que a população local cresceu,o consumo aumentou,e que por isso,sua rede ou transformador esteja ultrapassado?Perguntar não tira pedaço,já que alguns se sentem ofendidos,prefiro mudar o termo.
Não sobram dúvidas,portanto,que esta Concessionária está descumprindo as disposições da Resolução nº 395 de 2009, que define, no parágrafo 2º do artigo 16, um serviço de qualidade: 
Artigo 16. §2º- A qualidade do serviço engloba a continuidade dos serviços públicos de energia elétrica, nos aspectos e frequência, e os tempos de atendimento às ocorrências emergenciais. 
No caso da COELBA, tanto a continuidade do fornecimento de energia elétrica quanto o tempo de atendimento às ocorrências emergenciais não são cumpridos, acarretando inúmeros aborrecimentos e prejuízos aos consumidores. 
É inadmissível a morosidade para restabelecimento da energia como vem ocorrendo repetidas vezes em Camacan, posto que deixou de ser um evento extraordinário devido a sua recorrência. 

Para evitar situações como esta, a Agência Nacional de Energia Elétrica estabelece indicadores de qualidade do serviço prestado diretamente aos consumidores, que são o DIC – Duração de Interrupção por Unidade Consumidora–e o FIC–Frequência de Interrupção por Unidade Consumidora, os quais indicam por quanto tempo e o número de vezes uma unidade consumidora ficou sem energia elétrica durante um período considerado.Estes dados são divulgados mensalmente nas contas de luz juntamente com o indicador DMIC –Duração máxima de Interrupção por unidade consumidora, o qual indica o tempo máximo de cada interrupção justamente para impedir que a concessionária deixe o consumidor por muito tempo sem luz. Embora essas informações estejam sendo formalmente prestadas, é notável a dificuldade que o consumidor terá para compreender a linguagem técnica apresentada, sobretudo se as compensações decorrentes da ultrapassagem dessas metas estão realmente sendo feitas nas faturas individuais. 
Porém, conforme é notório, muitos bairros de Camacan e cidades da região ficam sem energia elétrica por horas e em alguns lugares,por dias.Assim,além das desculpas feitas pela  concessionária, que esta efetivamente estabeleça prazos e novas medidas  para solucionar o problema das sucessões de quedas de energia,bem como para melhorar significativamente o atendimento ao consumidor, principalmente em casos de queda de energia.Afinal,vidas podem ser perdidas por falta de atendimento médico.Por fim,exigimos que a COELBA,efetue se necessário,a troca de um transformador,colocando um mais potente,o que é obrigação dela,pois à prefeitura,cabe a reposição de lâmpadas e braços de luminárias.

SIGA AQUI O BLOG PAULO JOSÉ PÁGINA NO FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.