quinta-feira, 13 de setembro de 2018

ACADEMIA DE LETRAS E ARTES DE CANAVIEIRAS CELEBRA SEUS 15 ANOS NESTE SÁBADO (15)


Apresentações de dança, poesia e música, homenagem à escritora canavieirense Bernadeth Argolo e lançamento dos livros “E Deus Criou as Plantas” e “Família Pastoral”, do pastor Arnou Lobo, e do n. 2 da revista da ALAC, contendo trabalhos de intelectuais canavieirenses, inclusive homenagem póstuma ao acadêmico José Roberto Melo de Souza. Essa é parte da programação festiva pelos 15 anos da Academia de Letras e Artes de Canavieiras – ALAC, que acontece neste sábado, 15, às 19 horas, no Colégio Modelo de Canavieiras. 

Segundo Marinalva Lemos Mello, presidente da ALAC, durante o evento também haverá a admissão dos acadêmicos honorários Benjamin Batista Filho e Yeda Loureiro Pedreira, artífices da criação e implantação da ALAC, e de Tyrone Perrucho, pelos 50 anos durante os quais editou o jornal Tabu.
Fundada em 2 de setembro de 2003, a Academia de Letras e Artes de Canavieiras (Alac)  reúne 35 literatos e artistas de Canavieiras que atuam em prol da elevação cultural da cidade e se destacam  nas letras e artes em Canavieiras. Ao lado de Ilhéus e Itabuna, Canavieiras é das poucas cidades da nossa região que contam com uma Academia. O termo Academia vem de entidade semelhante criada por Platão na Grécia Antiga. São famosas as Academia Francesa e a Academia Brasileira.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.