quinta-feira, 31 de maio de 2018

Depois da prisão de Lula, aumenta a doutrinação nas escolas


Educadores independentes constatam que, depois da prisão de Lula, o ativismo político dos professores petistas e assemelhados dentro das escolas e universidades recrudesceu. A coisa vai muito além da criação de curso universitários sobre “o golpe de 2016”.Sob o pretexto de defender direitos salariais dos docentes, eles intensificaram a doutrinação nas salas de aula e mesmo em atividades extra-curriculares.As madraças da esquerda não podem parar de lavar os cérebros das crianças e jovens, sob pena dos seus partidos deixarem de existir a médio e longo prazos.
O ANTAGONISTA

Um comentário:

  1. Meu caro Paulo José, nem tudo tá perdido, felizmente com auxílio da Internet é claro, as coisas estão mudando para melhor, como disse antes, a internet veio com muita coisa ruim mas também, nos brinda-nos com uma imensa gama de antídotos, me refiro às informações globalizadas na mesma hora em que o fato acontece, tenho 70 anos e sei muito bem o que é isso, fico triste em pensar que muitos meus contemporâneos faleceram ainda usando bonés do sanguinário cubano Guevara, ao contrário dos dias atuais, naquela época dependíamos basicamente das informações dos intelectuais, principalmente dos editores de revistas e jornais, quase que totalmente simpatizantes do comunismo, os que não eram se curvavam tentando aparentar atualizados, o que sabiamos naquela época sobre genocídio era que, todos aquelas barbaridades foram cometidas exclusivamente por Hitler, os massacres e campos de concentração comunistas são apenas pequenos detalhes. Somente, muitas décadas após, ao ler dois livros (GULAG e A OBSESSÃO ANTIAMARICANA) foi que caí na real. Sei que ainda persistem as alienações fatídicas em nossa mídia, o vídeo abaixo é uma prova dessa situação, se não fosse pelas páginas sociais jamais saberíamos do ocorrido na UFBA, linke abaixo.

    PROFESSORES COMUNISTAS VAIADOS NA UFBA.
    https://youtu.be/6_gqmINtIi4

    ResponderExcluir

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.