sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Região pode evitar conflitos com o Cejusc

Muitos conflitos podem ser mediados, evitando-se que se transformem em ação judicial.Este é o objetivo do Cejusc – Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos, instância ligada ao Poder Judiciário que acaba de ser instalada em Camacã para servir a toda a região.
Estiveram presentes a desembargadora Joanice Guimarães, do Tribunal de Justiça da Bahia, prefeitos, vereadores e representantes do judiciário de várias cidades e outras autoridades.O prefeito de Santa Luzia, Antonio Guilherme, que é também presidente do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica, foi dos que mais se empenharam pela instalação do Cejusc na região, que terá como coordenador o juiz Felipe Remonato.Além de Antônio Guilherme, estiveram presentes também os prefeitos Arnaldo Lopes (Mascote), Baby de Prado (Pau Brasil) e Oziel das Ambulância (Camacan).De Santa Luzia, presentes ainda o vice-prefeito Fernando Brito, os vereadores Leonel Eleutério Filho (presidente da câmara), Raimundo Vieira, Paulo Farias, Antonio Teixeira e Cosme Gomes, e varias outras lideranças.

TabuOnline

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.