segunda-feira, 6 de março de 2017

UNA: “PASTORA” PODE RESPONDER NA JUSTIÇA POR TER ENTERRADO O JORNALISTA PRUDÊNCIO SEM AUTORIZAÇÃO DOS FAMILIARES

Sem nenhum parente na cidade de Una, o Jornalista Orivaldo Prudêncio da Silva, 62 anos, conhecido popularmente como “Prudêncio”, que faleceu vítima de infarto no dia 22 de fevereiro deste ano, sendo sepultado por uma suposta Pastora sem autorização dos familiares oito horas depois da confirmação do óbito, ainda vai dar muito o que falar.


De acordo com informações do Blog Una Na Mídia, a filha do falecido disse que estava providenciando o translado do corpo do pai para o Rio de janeiro, quando recebeu a notícia de que seu pai seria enterrado no município de Una. Segundo a herdeira, embora o pai dela tenha falecido às 09h, só às 12h30, ela e seu irmão tomou conhecimento do óbito, e que logo em seguida uma suposta pastora telefonou dizendo que o enterro estava programado para as 17h30 do mesmo dia.Ainda segundo o Blog, chocada com a rapidez imposta pela pastora de uma Igreja da cidade de Una em realizar o enterro de “Prudêncio”, a família do falecido devem procurar nos próximos dias a Delegacia de Polícia e formalizar uma queixa para que a Autoridade Policial apure as evidencias de crimes e seus responsáveis, e possivelmente a exumação do corpo, cujo procedimento pode ser acompanhado pelo Ministério Público tendo em vista a complexidade do ato, supostamente, criminoso.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.