quinta-feira, 7 de julho de 2016

Planalto calcula ter 60 votos contra Dilma no Senado, segundo site

O governo Michel Temer articula no Senado para manter o afastamento de Dilma Rousseff (PT). Para aprovar o impeachment em definitivo, o Palácio do Planalto precisa ter 54 votos entre os senadores, mas segundo o site Diário do Poder, esse número já chega a pelo menos 60 na matemática do governo peemedebista.
O mapa do grupo de Temer indica que apenas 18 senadores se dizem dispostos a votar pelo retorno de Dilma ao governo, mas cerca de dois terços dos senadores não querem nem ouvir falar nessa possibilidade.Diante do cenário, o mais otimista com a continuação do governo Michel Temer é o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil), que acertou em cheio a votação do impeachment na Câmara e no Senado e acha, agora, que Dilma poderá ter 61 votos contra ela.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.