quarta-feira, 18 de maio de 2016

Profissionais suspendem atendimento na Maternidade Ester Gomes por falta de repasse

O corpo clínico da Maternidade Ester Gomes, em conversa com a direção da instituição, mantida sob administração da Fundação Gonçalves e Sampaio há cerca de seis meses, acordou em suspender alguns procedimentos pelos próximos dias. O motivo, segundo o Superintendente Médico Dr. Almir Gonçalves, se dá pela falta de recursos acordados entre a instituição e o município,para manter em dias a folha de pagamento dos profissionais.
“Na última semana, em Audiência Pública realizada na Câmara de Vereadores, ficou acordado que o Município iria quitar uma dívida com a instituição até a última sexta-feira, o que não ocorreu, e a situação vem ficando cada vez mais difícil”, comenta ele.
  A audiência pública, contou com a presença da Representante da Secretaria de Saúde do Governo do Estado, Marisa Pinheiro, Coordenadora do Núcleo Regional de Saúde, representantes da Fundação Gonçalves e Sampaio, Mardson Silva representando a Fundação Hospitalar de Camacan, e autoridades locais.

Atenciosamente,
Manuela Berbert

Assessoria de Imprensa e Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.