sexta-feira, 18 de março de 2016

Marta critica Lula e Wagner

Foto: Divulgação/PMDB
O diálogo entre o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e o então ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, foi classificado de mentiroso e machista pela senadora Marta Suplicy (PMDB).
A peemedebista criticou, nesta sexta-feira (18), os comentários envolvendo seu nome e flagrados nos telefonemas entre os petistas flagrados pela Polícia Federal e tornados públicos pelo juiz Sérgio Moro, que chefia a Operação Lava Jato e autorizou o grampo no ex-presidente.
No diálogo, os dois comentaram as vaias recebidas por Marta na manifestação do dia 13 de março, na Avenida Paulista. “A Marta teve que se trancar na Fiesp. Foi chamada de puta, vagabunda e vira-casaca”, disse Lula.
“É bom pra nega aprender”, assentiu Wagner.
Para Marta, as conversas interceptadas do ex-presidente são deploráveis. Ela disse ainda concordar com o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que classificou os diálogos como grosseiros e ofensivos.

Leia o que Lula e Wagner disseram sobre Marta Suplicy:

Jaques Wagner: Diga, Excelência.
Lula: Você viu que eu já tirei você da Casa Civil, né, porra?
Wagner: Beleza. Sou o segundo, sem nenhum problema, o maior prazer.
Lula: Querido, estou pensando em Brasília amanha. Ela tá aí em Brasília?
Wagner: Claro.
Lula: Chego 18h, 19h. Se ela quiser de noite, de manhã. Vê quando é melhor. Se quiser tomar um café da manhã gostoso… preciso de só meia hora, depois entra a tropa.
Wagner: Tá bom.
Lula: Foi bom o dia hoje?
Wagner: Foi bom.
Lula: Como foi a manifestação na Bahia?
Wagner: Ah, teve 10, 15 mil. O Aleluia foi falar, tomou uma vaia da porra, e ninguém mais quis falar. Na verdade generalizou porque é uma manifestação contra a política.
Lula: Acho que essa é a pedra. Acabei de [inaudível] com o Mino Carta aqui, para ele escrever um artigo mostrando que teve duas coisas: primeiro a vontade das pessoas que o combate a corrupção continue, e o Moro representa isso fortemente. Segundo, que a negação política é total. E o resultado disso, você sabe o que é?
Wagner: Lógico, o caminho pro autoritarismo.
Lula: E aqui em SP ninguém conseguiu falar dos dirigentes, Marta, Aécio. A Marta teve que se trancar na Fiesp. Foi chamada de puta, vagabunda, vira-casaca.
Wagner: É bom pra nega aprender. Bom, eu aviso a ela aqui e a gente conversa amanhã.
Lula: Tá bom.
Wagner: E você amadurecendo a cabeça?
Lula: Tá amadurecendo, quase caindo de podre. Tenho recebido muito pedido pra mim aceitar, muito, muito. O sem-terra tava agora reunido.
Wagner: Meu cargo está a sua disposição. Eu posso ser seu carregador de documentos.
Lula: Eu serei seu ajudante. Seu adjunto.
Wagner: Um abraço.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.