sábado, 13 de fevereiro de 2016

Polêmica em nomeação de direção de colégio

O professor Rouflan Castro foi nomeado diretor do Colégio Osmário Batista, que acaba de ser municipalizado.Para vice-diretores foram nomeadas as professoras Taline Maia e Carol Rocha e, para coordenadora, a professora Carol Larchert, ex-diretora da referida escola.O ato de nomeação do prefeito Almir Melo não levou em conta a eleição de 10 de dezembro último na referida unidade escolar, que consagrou o nome da professora Cinthia Moura como diretora e, para vices, o dos professores Vitor Fábio, Enéas Neto e Valderly Araújo.
Com isso, o prefeito contrariou também o artigo 7, inciso II e & 1º da Lei de Planos de Cargos e Salários do Município, que estabelece para nomeação dos cargos de diretor, vice-diretor e coordenador a condição de o nomeado ser professor efetivo do município.A intenção do prefeito foi demonstrar força política, desrespeitando a vontade da comunidade escolar e fazendo valer a sua própria vontade, mesmo que isso o desabone e aumentem as já pesadas críticas de que ele tem sido alvo.
Por vontade do Governo do Estado, muitas escolas estaduais têm sido municipalizadas em toda a Bahia.Em Canavieiras já foram municipalizadas as escolas Isbela Freire, Benício Machado e Paulo Freire. Estava programada agora a municipalização da Escola 15 de Outubro e, em seguida, do Osmário Batista.O prefeito teria invertido essa ordem final da municipalização, apenas para poder nomear logo para o Osmário Batista diretores escolhidos por ele próprio, em desrespeito à escolha ocorrida na recente eleição ali realizada.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.