sábado, 13 de fevereiro de 2016

Embasa explica problemas com água salobra

- A Embasa está se preparando para, se necessário, transferir a captação de água para um local bem mais acima da foz do rio Pardo.A explicação é de Danilo Gomes, gerente regional da Embasa, e foi dada em uma audiência pública na manhã desta sexta-feira na Câmara Municipal, a que compareceram seis vereadores e alguns outros representantes da comunidade.A reunião foi em conseqüência de Canavieiras ter sido abastecida, por cerca de 15 dias, com água salobra no mês passado, gerando muitos protestos da população.O fato aconteceu basicamente devido ao baixo volume de água no rio Pardo, com o conseqüente avanço do mar até limites nunca antes alcançados, bem acima da foz do rio.Danilo Gomes compareceu à reunião em companhia da bióloga Lorena Lacerda, da química Daiane Barbosa e do supervisor de tratamento José Wellington Santos Nascimento. Eles prestaram uma série de outros esclarecimentos aos vereadores e a outros participantes da reunião.Foi ressaltado que os fenômenos climáticos que vêm se verificando mundo à fora tendem à produzir novos problemas para os abastecimentos de água em geral, daí governos e a própria sociedade estarem buscando saídas visando minimizar tais questões.A reunião foi presidida pelo vereador Deny Mendes, participando também os vereadores Cacá Guimarães, Jorge Garcia, Cleonildo Tibúrcio, João Moreira, Kinha de Giru e Nilton Nascimento.Esta foi a última reunião realizada nas atuais instalações da Câmara, que a partir da terça-feira 16 de fevereiro passará a ter sede própria, no antigo prédio da Filarmônica Lyra do Comércio, na Praça da Bandeira.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.