terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

CAMACAN:situação excepcional de emergência É DECRETADA contra o mosquito AEDES AEGYPTY

GEDSC DIGITAL CAMERA
Os poderes Executivo e Legislativo, entraram na briga contra o mosquito transmissor das doenças. Texto e fotos / O Tempo Jornalismo
O Município de Camacan tem atualmente 185 casos de dengue registrados, 28 de zica vírus e 17 de chikungunya. Estes são dados oficiais da Secretária de saúde do município. Por este motivo, a prefeitura de Camacan decretou situação excepcional de emergência para execução das ações necessária ao combate do mosquito AEDES AEGYPTY, por 180 dias ininterruptos. Nenhum caso de microcefalia ainda foi registrado.
Para abordar a gravidade do problema, o prefeito Arildo de Florentino e o Secretário de saúde Julho Cardoso, se reuniram na manhã desta segunda-feira (22), com os vereadores Didico, e as vereadoras Dai e conceição, para traçar metas de combate ao mosquito. Os poderes tem a missão promover uma mobilização de impacto, objetivando conscientizar as pessoas no combate e erradicação do mosquito transmissor da dengue.
GEDSC DIGITAL CAMERA
Arildo de Florentino e o Secretário de Saúde Julho Cardoso, se reuniram com membros do poder Legislativo para traçar a guerra conta o inimigo
Um PA estará sendo montado no próximo sábado na Praça do Bené, identificado como sábado (27), da faxina para atender membros da comunidade e todos os postos de saúde estarão recebendo reforços. O tratamento de esgoto e a coleta de lixo é de fundamental importância, e os poderes pedem a ajuda de toda população nesta luta.
GEDSC DIGITAL CAMERA
Os vereadores entraram na luta com a prefeitura objetivando amenizar a problemática da proliferação do tal mosquito transmissor das doenças.
Considerando que se não houver ações efetivas da municipalidade, com apoio da Secretaria Estadual de Saúde, órgãos federais, este terrível mosquito, trará consequências lamentáveis, mas realistas de perdas de vidas humanas e sequelas em crianças para o resto da vida, além de previsível e substancial aumento da demanda de internações hospitalares e atendimentos urgentes e emergenciais à população camacanense e de municípios vizinhos. Vale lembrar que todos os moradores, devem tomar o cuidado de não colocar o lixo na porta depois que o carro do passar, porque este é um dos grandes riscos da proliferação do mosquito.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.