quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

'Papai Noel' preso na Bahia recebeu R$ 30 mil para roubar helicóptero

'Papai Noel' preso na Bahia recebeu R$ 30 mil para roubar helicóptero
Foto: Divulgação/Polícia Militar
Os dois homens presos suspeitos de roubarem um helicóptero em Mairinque, no interior de São Paulo, em novembro do ano passado, afirmaram em depoimento à polícia que receberam juntos cerca de R$ 40 mil para realizar ação. Nabiel Cordeiro da Silva, de 30 anos, preso na cidade de Queimadas, no interior da Bahiano último dia 8 de janeiro, disse ter recebido R$ 30 mil. Ele se vestiu de Papai Noel para praticar o roubo, de acordo com a Delegacia Seccional de Sorocaba, responsável pela investigação do caso. Já Rodrigo Sena, que pilotou a aeronave, ficou com os R$ 10 mil restantes. A dupla está presa em Sorocaba, enquanto as investigações continuam.Segundo a delegada responsável pelo caso, Fernanda Ueda, os dois confirmaram o roubo. Ao G1, a delegada também comentou a respeito da escolha da fantasia de papai noel para praticar a ação. “É um fato curioso nessa ação criminosa. Na realidade, foi primeiramente pela época que eles se encontravam. Era Natal, não levantaria muita suspeita. Era um disfarce que cobriria bastante o rosto daquele que estaria dentro da fantasia e também ele chegou à conclusão que foi uma infeliz ideia”, completa. As investigações apontaram ainda que o grupo pretendia roubar um modelo de aeronave específico. O motivo está sendo investigado pela polícia. O paradeiro do helicóptero ainda não foi confirmado pela polícia, apesar de haver a hipótese de que tenha sido levado para o Paraguai. Outros dois suspeitos de ajudarem no crime continuam foragidos. Trata-se do casal Luana Mattiolli, de 31 anos, e Eduardo de França, de 40 anos. Ambos tiveram a prisão preventiva decretada e são procurados pela polícia.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.