terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Conselho de Ética adia pela quinta vez decisão sobre processo contra Cunha

Com gritos de “Fora Cunha”, o Conselho de Ética da Câmara adiou pela quinta vez, na tarde desta terça-feira (8), a decisão sobre a admissibilidade do processo contra o presidente da Casa, deputado federal Eduardo Cunha (PMDB).
 
A sessão foi marcada por bate-boca entre os deputados do colegiado. O deputado Manoel Junior (PMDB-PB), aliado de Cunha, pediu o adiamento e também o afastamento do deputado Júlio Delgado (PSB-MG) do Conselho, alegando que o parlamentar mineiro foi adversário na eleição para presidente da Casa, e, portanto, não teria isenção para votar.
 
Já no final da sessão, manifestantes invadiram o colegiado e gritaram: “fora Cunha”. O presidente do Conselho de Ética da Câmara, José Carlos Araújo (PSD-BA), convocou uma nova reunião do conselho para esta quarta-feira (9), às 13 h 30.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.