terça-feira, 27 de outubro de 2015

Depois de 20 anos, Bahia exporta cacau

O próximo sábado, 31, se tornará uma data histórica para os produtores de cacau do sul da Bahia. Depois de mais de duas décadas, serão exportados pelo Porto do Malhado, em Ilhéus, 100 sacos de cacau.
O carregamento, de um navio com destino a Amsterdam, na Holanda, deve ser iniciado até a quarta-feira. A embarcação deve deixar o porto internacional de Ilhéus levando 6 mil toneladas de amêndoa de cacau.
O cacau foi comprado, neste ano, de produtores do sul da Bahia por uma multinacional. A expectativa é de que o volume de exportações para o mercado europeu aumente nos próximos meses.
A Bahia já foi um dos principais exportadores de cacau do mundo. Essa é a segunda boa notícia neste ano para os produtores. A primeira foi o aumento do preço nos mercados interno e externo. A arroba está acima de R$ 140.
A última exportação foi anunciada pelo jornal A Região, sozinho, com a manchete "Acabou". "Foi a mais suscinta de todas as manchetes, que anteviu, antes de todos, que o Sul da Bahia iria deixar de ser exportador"
Quem conta é o jornalista Daniel Thame. "Um sonoro ACABOU em letras garrafais sintetiza uma realidade que muitos, até hoje, por coincidência ou simples comodismo, relutam em não aceitar".

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.