sexta-feira, 4 de setembro de 2015

DE VOLTA À RAZÃO

Tão rápido quanto a presidente Dilma recuou da ideia de recriar a CPMF (embora já esteja recuando do recuo), o PT abandonou a convocação da militância para que fosse às ruas, no dia 7 de Setembro, de verde e amarelo. Deve ter pesado não apenas a pancadaria contra o partido nas redes sociais, mas também a associação da iniciativa com o gesto de Collor, em 1992, às vésperas do impeachment, quando pediu à população que fosse às ruas de verde e amarelo para defender seu governo. O pedido se tornou um tiro de canhão no pé, pelo fato de milhares terem ido às ruas de preto pedindo sua queda. Os dirigentes petistas, pelo menos desta vez, mostraram bom senso. E o discurso anti-Levy e contra o ajuste fiscal, permanece ou Lula vai segurar a petezada? 

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.