sexta-feira, 24 de julho de 2015

Professores das Universidades Estaduais mantêm greve

Os docentes das quatro universidades estaduais baianas (Uesc, Uesb, Uefs e Uneb) rejeitaram a proposta de acordo definida entre representantes dos professores e do governo baiano, no último sábado (18). A decisão foi tomada em assembleias realizadas ao longo da tarde desta quinta (23). A greve nas universidades foi iniciada em 13 de maio e chegou hoje aos 70 dias.
Os professores querem garantias de que o governo cumprirá acordo discutido no último final de semana. O acordo prevê revogação da Lei 7176/97 (que retirou a autonomia universitária), promoção de professores e garantia de que não haverá mais corte no orçamento, dentre outros pontos da pauta. Governo e professores sentam-se à mesa, novamente, nesta sexta (24). Nova assembleia está prevista para 30 de julho.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.