terça-feira, 27 de novembro de 2018

Ponte na BR corre risco de desabar


A ponte sobre o Rio Jequitinhonha corre sério risco de desabar e deixar a Bahia isolada do Espírito Santo pela BR-101.A ponte, construída em 1957, não passa por uma manutenção estrutural há mais de 60 anos. Nos últimos 40 são constantes os problemas na pista,quarda-vidas e pilares. A Região

Recentemente o assoreamento do rio deixou à mostra os pilares que sustentam as colunas.Eles estão totalmente corroídos,vários entortados e perto de se romper, como é possível ver na foto.Um problema é o peso que ela vem suportando.Seus 511 metros de extensão foram projetados para veículos de no máximo 45 toneladas,mas rotineiramente é trafegada por caminhões acima de 90 toneladas.Além disso,o tráfego atual, de cerca de 5 mil veículos por dia,é muito maior que a previsão original.O peso se torna ainda maior quando chove forte,como aconteceu nesta semana. Apesar de estar sobre um rio assoreado e raso,a pista da ponte virou “um rio” por falha no sistema de escoamento de água. São algumas toneladas a mais. 
Em nota,o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) fugiu dos questionamentos e se limitou a falar do alagamento. “A ponte citada já teve os serviços de roçada e limpeza dos sedimentos sobre o seu tabuleiro realizados”.
“O acumulo de sedimentos foi ocasionado devido a um acesso irregular a uma fazenda na cabeceira norte da ponte.Essa intervenção inapropriada,realizada através de serviço particular,interditou os equipamentos de drenagem (sarjetas e drenos)”.
SE VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com

ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-5577
CLIQUE AQUI E CURTA NOSSO BLOG NO FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.