sábado, 22 de setembro de 2018

Tipos de fome: rotina interfere nas sensações do estômago


Já parou para notar seu estômago hoje? Como você nota que está com fome? Quais sinais seu estômago apresenta? E agora? Pare um momento e perceba como está seu estômago agora. Está com sinais de fome, vazio, cheio ou satisfeito? Por:Luiza Camargo Mendes-Msn

Os sinais de fome variam para cada um: vazio na barriga, ronco, dor no abdômen ou uma contração. Muitos acham essa sensação desagradável, no entanto é benéfica para ajudar a buscar o alimento e podermos comer. Sem comida não sobreviveríamos por muito tempo. 
Observe também como os hábitos e rotina acabam intervindo na fome do estômago. Por exemplo, seu estômago ronca quando você come três refeições diárias, a cada três horas ou se não toma café da manhã? O corpo se adapta a mudanças de fuso horário. Quando viajamos, ele rapidamente reconecta com os novos horários. 
Como reconhecer a fome do estômago?
Para conhecer a fome do estômago precisamos acompanhá-la a cada momento, sentir suas sensações e lhe dar atenção, assim ela poderá lhe ajudar apresentando seus sinais. 
Pessoas que têm refluxo gastroesofágico podem acabar confundindo a sensação física com fome. É importante notar quando é a sensação de um e de outro. Isso é possível quando começamos a nos familiarizar com as sensações e notar suas diferenças. E construir essa relação com sua sabedoria interna. 
Ansiedade e atenção ao corpo
Um outro ponto a observar é a ansiedade. Notar as sensações no corpo quando se está ansioso nos ensina a estar ciente do que está acontecendo. Muitas vezes temos sensações no estômago que estão relacionadas à ansiedade, e comer poderá não ser a melhor escolha nesse caso, pois poderá reforçar o ciclo e ficar mais ansioso porque comeu. 
Muitas vezes temos sensações no estômago que estão relacionadas à ansiedade, e comer poderá não ser a melhor escolha nesse caso, pois poderá reforçar o ciclo e ficar mais ansioso porque comeu. 
Quando notar que a sensação está relacionada à ansiedade, busque o que pode fazer para aliviar esta sensação como uma atividade que lhe ajude a lidar com ela e que faça sentido para você, como dar uma volta no quarteirão, respirar por um momento, tomar um banho, fazer uma automassagem, passear no parque ou conversar com um amigo. E se escolher comer, pratique o comer atento, notando cada mordida, observando as cores, sentindo os aromas, saboreando e degustando o alimento. 
E depois de comer, como notar que a fome do estômago está saciada?
Mais uma vez iremos notar as sensações físicas do corpo para lhe dizer que está na hora de parar de comer. Assim, não passamos do ponto e nos sentimos mal fisicamente. Este é um treino que devemos repetir a cada refeição. 
Quando éramos bebês essa fome estava bem presente. Chorávamos quando vinha a sensação de fome e parávamos de mamar quando nos sentíamos saciados. Depois perdemos o contato com esses sinais e passamos a comer até acabar a comida do prato. Ou até nos sentirmos mal. 
Perceber as sensações e diferenciá-las é parte da prática do Mindful Eating, pois vamos abrindo para escutar a sabedoria do corpo e aos poucos inserindo no dia a dia. Conhecer com mais intimidade as sensações do estômago é um passo importante nessa prática, assim como notar as fomes como um conjunto, estar atento aos sinais que o corpo lhe apresenta e não ficar preso a apenas uma fome. Notar o estômago, percebendo os sinais de fome e saciedade, é um dos princípios do Mindful Eating. 
E o que satisfaz a fome do estômago?
A quantidade certa e o tipo de comida. 
O estômago gosta de receber comida e trabalhar na digestão. Essa quantidade é para ficar confortavelmente cheio, nem mais, nem menos. Uma parte ficará vazia para que possa se movimentar. Assim, poderá fazer seu papel e esvaziar no tempo tranquilamente, para depois lembrar você com os sinais de fome de comer novamente. 
O tipo de comida também influencia, pois não é a todo momento que podemos comer qualquer alimento. Estar atento a essas sensações lhe ajudam a cuidar de seu estômago. Por exemplo, algumas pessoas poderão sentir uma azia no estômago se tomarem um café preto no desjejum. 
Vamos praticar?
Podemos fazer o check-in do estômago antes, durante e após as refeições. Antes de começar a comer, leve sua atenção ao estômago e perceba os sinais de fome que apresenta. Note quão vazio está e dê uma nota de zero (nenhuma) a dez (muita).
Quanto de fome você sente no estômago? 
No meio da refeição, pare um instante e note as sensações do estômago. Perceba quanto foi cheio e observe seu prato e o quanto falta de comida para finalizar. Você pode decidir parar antes de terminar a comida. Note como seu corpo lhe apresenta esses sinais. 
Ao finalizar, mais uma vez, leve a atenção ao estômago e perceba quão cheio está. Note se está saciado e quais são essas sensações, se passou do ponto ou ainda se quer repetir e quanto. 
Faça essa prática mais de uma vez. Aos poucos, irá se familiarizando com a fome do estômago e esta irá lhe ajudar a escolher o quanto comer. 


0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.