terça-feira, 3 de abril de 2018

STF dá licença para matar


Em 2009, o STF contrariou a norma vigente e proibiu o encarceramento de criminosos condenados em segundo grau. 
A decisão foi tomada durante o julgamento do fazendeiro Omar Coelho Vítor, que deu cinco tiros num sujeito que, segundo ele, havia “cantado” sua mulher. 
O Globo, hoje, conta o que aconteceu com o atirador.
“Beneficiado pela decisão do Supremo Tribunal Federal de dar ao réu o direito de ficar em liberdade até o processo transitar em julgado, nunca cumpriu pena. Seu recurso contra a condenação em segunda instância passou 12 anos no Superior Tribunal de Justiça até que, em 2014, o crime foi considerado prescrito.”

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.