quinta-feira, 31 de agosto de 2017

POR UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE NÃO MASSACRE OS MUNICÍPIOS

O conjunto de casas faz a rua. O de ruas faz o bairro. O de bairros faz a cidade. O de cidades faz o Estado. E o de estados faz o Brasil. É uma discrepância muito grande a União ficar com 65,5% de toda a arrecadação, enquanto os municípios têm que brigar por meros 9,5%. Empresas, igrejas, escolas, comércio, indústrias... a produção é toda no município, mas a União fica com 65,5% de tudo que é arrecadado. Considero ser um absoluto massacre essa concentração que há de poder na mão do governo federal, contra os municípios. A reforma tributária proposta por Haully é ruim para municípios. Tira o ISS. Toma o talão de notas do prefeito e dá um chapéu para mendigar.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.