sexta-feira, 28 de julho de 2017

Café incrementa Turismo de Eventos na Bahia

A Bahia se destaca como um dos estados produtores de café cuja qualidade tem sido constantemente premiada em concursos nacionais e internacionais. Mas em um cenário competitivo, questões como inovação e produtividade devem ser permanentemente discutidas por especialistas. É o que acontece a partir deste domingo (30), quando produtores de café, empresários, engenheiros e estudantes estarão reunidos no 11° Encontro Nacional do Café, que acontece na Fazenda Vidigal, município de Barra do Choça (505 quilômetros de Salvador).
O município está preparado para o evento. O Hotel Renascer, com 24 leitos, já está com 80% da sua capacidade ocupada e confia que chegará a 100%. Fabiana de Brito, atendente do hotel, diz que o “Encontro do Café atrai muitos participantes. Os três hotéis da cidade e o comércio ficam com muito movimento, e as vendas aumentam. Parte do público se hospeda em Vitória da Conquista (distante 40 quilômetros), quando não acha vaga aqui, mas a maioria fica os três dias em Barra do Choça”.

A coordenadora do evento e proprietária da fazenda que sedia o encontro, Valéria Vidigal, afirma que “o objetivo é a difusão do conhecimento sobre a cultura do café e a melhoria dos negócios na região. Esperamos mais de 1.500 participantes, dos quais 30% virão de outros estados (SP, RJ, MG, ES). O encontro movimenta o comércio e a hotelaria de Barra do Choça e de Vitória da Conquista”. 
Durante três dias serão ministradas palestras e minicursos, com dinâmica de campo; haverá exposição de equipamentos de alta tecnologia, além do concurso V Café de Qualidade. A programação vai até terça-feira, 1º de agosto. A porteira da fazenda fica aberta à comunidade para os shows e para as 23 palestras e minicursos gratuitos. 
Entre os temas que fazem parte da programação estão “Situação da Atual Política Cafeeira”; “Robótica no Campo: Como a Tecnologia pode impulsionar a Agricultura” e “Gestão Ambiental e Cafeicultura”. A Fazenda Vidigal realiza o evento em parceria com a Faculdade Independente do Nordeste (Fainor). A cafeicultura foi desenvolvida no Planalto Conquistense a partir de 1970 e se transformou em um dos principais pilares da economia da região. 
Turismo – Um dos fatores que contribuem para alavancar o movimento na rede hoteleira é a realização do turismo de eventos. O público participante faz reserva em hotéis e pousadas, compra passagens aéreas ou terrestres, utiliza restaurantes e outros serviços enquanto acompanha a programação. 
Por: Helo Sampaio

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.