quarta-feira, 21 de junho de 2017

PT luta para manter sigilo no BNDES

Senadores petistas não deixam ser votada urgência para projeto que acaba com sigilo nas operações do BNDES. Não querem revelar o mal feito.
Há praticamente um mês a Mesa Diretora do Senado tenta votar um requerimento de urgência para tramitação, no Plenário, do projeto de lei que acaba com o sigilo bancário das operações de financiamento do BNDES. O projeto foi aprovado na CCJ do Senado em dezembro de 2016, mas, como recebeu emenda de Plenário, retornou à comissão para nova análise e está parado desde então. Se aprovado o requerimento de urgência, a matéria pode já ser analisada diretamente pelo Plenário. A proposta, na forma como foi aprovada na CCJ, prevê que empréstimos concedidos não só pelo BNDES, mas também por outras instituições financeiras públicas, como o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, poderão perder sua condição de sigilo.O curioso deste projeto é que ele foi apresentado quando Dilma ainda era presidente, e já eram do conhecimento da opinião pública as irregularidades cometidas pelos governos do PT na concessão de empréstimos bilionários pelo BNDES. Os empréstimos foram colocados com uma tarja de sigilosos, e desde então a sociedade não pode tomar conhecimento dos termos com que os contratos foram celebrados. Os maiores opositores da aprovação deste projeto não são os atuais ocupantes do governo, mas os senadores de oposição, que se recusam a deixar avançar qualquer tentativa de se quebrar o sigilo das operações do BNDES. Certamente porque sabem que trazer à luz os contratos de empréstimos do banco vai revelar muitas falcatruas cometidas com o dinheiro dos brasileiros. Há muito o que se conhecer sobre o que está por trás de empréstimos bilionários à JBS, à Odebrecht, a Eike Batista, a países como Angola, Cuba, Venezuela e etc, mas o PT não quer que a sociedade tenha acesso a essas informações.
Fonte/Blog Roberto Jefferson *Roberto Jefferson, 64 anos, advogado, presidente nacional do PTB, cantor amador e motociclista.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.