quinta-feira, 11 de maio de 2017

O fracasso persegue Lula

As lideranças petistas e os dirigentes dos movimentos sociais de esquerda – CUT, MST, MTST, UNE – passaram mais de um mês planejando o que chamavam de “invasão a Curitiba”, para acompanhar o ex-presidente Lula no depoimento ao juiz Sérgio Moro. Chegaram a dizer que mais de 100 mil pessoas iriam à capital paranaense para dar apoio ao líder maior do petismo. O que as imagens de hoje, mostraram, entretanto, foram pouco mais de cinco mil pessoas caminhando por Curitiba, e entre eles, uma boa quantidade de bolivianos que foram enviados pelo governo de Evo Morales.Como pode o ex-presidente aparecer com 25%, 30% em algumas pesquisas recentes sobre a corrida presidencial, e não conseguir reunir mais do que cinco mil pessoas para lhe apoiar, e isso apesar de toda a mobilização do PT e de sindicatos, pagando ônibus, hospedagem e refeição? A verdade é que as pesquisas superdimensionaram o tamanho de Lula, além do fato de que a eleição de 2018 ainda está muito longe. O ex-presidente Lula ainda é um político popular, mas hoje é apenas uma sombra do fenômeno e do sucesso que já representou um dia. E com o avanço das investigações da Lava Jato e a possibilidade de sofrer condenações, este reduzido apoio tende a minguar ainda mais. Essa é uma realidade que nenhuma narrativa petista conseguirá mudar.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.