domingo, 21 de maio de 2017

JÁ ESTÁ PRESO: Suspeito de atirar em radialista é foragido do indulto da Páscoa

O suspeito de atirar no radialista Jefinho, da Itapoan FM, já foi identificado e preso. Trata-se de Bruno Oliveira Assis, 25 anos. Condenado até 2033 por roubo, ele estava solto porque não voltou do indulto de Páscoa.
O homem já cumpria a pena no regime semi-aberto na Colônia Penal Lafayete Coutinho. Ao ser preso, o acusado alegou que tirou porque a vítima reagiu. Ele foi levado para a 16a Delegacia Territorial (Pituba) para ser interrogado.
Jefinho foi encaminhado para o HGE, onde passa por cirurgia. Ele foi atingido por um tiro no peito.
Entenda o caso 
O radialista foi ao local buscar o irmão e foi abordado pelos criminosos enquanto o aguardava. De acordo com o relatório e com informações da 35ª CIPM, por volta das 10h30, policiais militares da Unidade realizavam rondas na região do Caminho das Árvores, quando foram solicitados por populares para atender a ocorrência em que havia homens feridos por disparos de arma de fogo.
“Quando os policiais chegaram ao local verificaram a veracidade do fato, um policial militar de folga estava no local e relatou que um suspeito armado de 35 anos tentou roubar pertences de outro homem de 49 anos, com a negativa da vítima de entregar os pertences o suspeito atirou no peito da vítima”, declarou em nota a assessoria de imprensa da PM.
“Em seguida o policial militar pediu que o acusado parasse, mas ele continuou empunhando a arma, para impedir que o homem atirasse na vítima novamente o policial atirou no pé do suspeito, com a chegada da viatura ambos foram socorridos para o Hospital Geral do Estado (HGE)”, continua a nota.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.