quinta-feira, 30 de março de 2017

CABRÁLIA: supermercado Rondelli vendia alimentos com validade vencida, gerente foi detido

Cabrália: supermercado Rondelli vendia alimentos com validade vencida, gerente foi detido
Uma ação do Ministério Público estadual, com apoio da Polícia Militar, resultou na prisão do gerente do supermercado Rondelli de Santa Cruz Cabrália, sul da Bahia. A loja continuou funcionando, apesar de alguns blogs noticiarem que teria sido fechada. O motivo da prisão do gerente do Rondelli foi a comercialização de alimentos com validade vencida (linguiças, carnes e laticínios).A Vigilância Sanitária municipal informou que o supermercado também não possui alvará da Vigilância.
Vigilância Sanitária e CIPPA fecham Rondelli em Santa Cruz Cabrália
Opinião do site - Depois do escândalo da operação ‘carne fraca’ mostrando os podres dos grandes frigoríficos brasileiros, as autoridades do País começam a se mexer. A prática de vender alimentos com validade vencida (alguns até estragados), é comum na região. Os donos de grandes supermercados e de marcadinhos de bairros contratam gerentes inescrupulosos que não se preocupam com a saúde do consumidor,somente com o lucro.As padarias dos grandes supermercados também merecem uma rigorosa fiscalização. As baratas fazem a festa nesses lugares.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.