quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

57% comprarão roupas no Reveillon

Depois do Natal, os varejistas esperam pelas trocas de presente para atrair os consumidores. A última semana do ano pode impulsionar o comércio com as compras de produtos para o Ano Novo.
Uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que 56,8% dos que vão comemorar a data pretendem comprar roupas, calçados ou acessórios.A boa notícia é que houve um aumento de 6,3% em relação a 2015 (50,5%). Porém, os gastos serão menores do que no ano passado, com valor médio de R$ 263, uma queda real de 17,4% em relação aos R$ 293,56 de 2015.
Cerca de 63,9% ainda não sabem o valor que será gasto. "A sugestão para os lojistas é que ofereçam opções mais baratas”, aconselha Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.“Muitas pessoas terão de adquirir itens mais em conta, trocando marcas ou encontrando alternativas que pesem menos no bolso. Portanto, o varejo precisa diversificar, para que clientes possam encontrar aquilo que procuram".

A pesquisa também mostra que praticamente 8 em cada 10 consumidores (82,9%) já decidiram onde pretendem comemorar. A maior parte ficará em casa (23,5%), vai viajar (13,1%) ou passar na casa de parentes (12,0%).

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.