quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Nesta sexta lançamento de “Memórias de Canavieiras”

Confirmado para esta sexta-feira 25 de novembro o lançamento de “Memórias de Canavieiras”, uma releitura das duas últimas obras publicadas pelo poeta e memorialista Alcides Costa no final dos anos 1960, que foram “Jacarandá e Salobro” e “Piaçava, Coco, Fatos e Fofocas e um Congresso Paroquial”.
O lançamento será às 19h30 no Instituto de Hotelaria Planet Panzini, e o projeto é do produtor cultural Alcides Costa Neto e do historiador e professor Durval Pereira da França Filho, em parceria com a Via Litterarum Editora.
“Memórias de Canavieiras” inclui fatos e causos surgidos em decorrência da exploração das minas de diamantes do Salobro, a tragédia causada pela enchente do rio Pardo em 1914, a efervescência cultural dos anos 1930 em torno do Clube Caixeiral Afrânio Peixoto e muitas fotografias de época, a maioria do fotógrafo Teóphilo Mourrahy, que viveu em Canavieiras boa parte do século passado.
Segundo Alcides Costa Neto, o livro traz também adendos históricos e fatos do cotidiano mais recente, que ajudam na melhor compreensão do texto original e, ainda, um glossário que identifica termos hoje em desuso.

“Memórias de Canavieiras” tem o patrocínio cultural da Via Litterarum Editora, Hiper Alana, Mundo da Fotografia, Padaria A Brasília, Posto Atalaia (sob nova direção), Hidraluz e jornal Tabu.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.