quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Maioria do STF vota que réus não podem presidir Câmara, Senado e STF

Créditos: Reprodução/ TV Justiça / Nelson Jr./SCO/STF
Na sessão desta quinta-feira (3) a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou para impedir que parlamentares réus em ações penais assumam a presidência da Câmara, do Senado e também do STF. 6 dos 11 ministros da Corte votaram a favor.O julgamento foi interrompido antes de um acordo definitivo por causa do pedido de vista do ministro Dias Toffoli. Seguno Toffoli, ele precisa de mais tempo para analisar o tema.
Não há data para retomada da análise e, portanto, foi adiada a decisão definitiva da Corte sobre o assunto.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.