terça-feira, 18 de outubro de 2016

SANTA LUZIA: População realiza protesto contra a aprovação da PEC 241

Nesta terça-feira (18), servidores da Saúde, Assistência Social e Educação do Município de Santa Luzia realizaram a primeira mobilização nas ruas contra a PEC241, que estabelece um teto para os gastos públicos por até 20 anos.
Os organizadores dizem que as mobilizações visam evitar que a PEC 241, aprovada em primeiro turno da Câmara dos Deputados, passe em segundo turno e siga para o Senado. Os manifestantes chamam a proposta de “PEC do Fim do Mundo”. A população da cidade dar um excelente passo e que sirva de exemplo a outras cidades.
img-20161018-wa0014
A Segunda votação Da PEC 241, para quem ainda não sabe do que se trata ai vai uma breve explicação:
A PEC 241 é uma medida provisória que o governo esta tentando fazer virar lei já há algum tempo,nessa lei, consta que os recursos de verba que são destinados para a área da saúde e educação sejam congelados por 20 anos, afetando diretamente a todos, com isso na saúde o SUS e o SAMU não receberão mais dinheiro do governo e não haverá mais dinheiro para a compra de remédios deixando a situação bem precária, já na rede de educação tanto A nível federal, estadual e municipal as instituições de educação e serviço social não receberão mais quantias suficientes para se manter  do governo pelo mesmo período de tempo de 20 anos,havendo cortes de auxílios para estudantes,como o Auxílio transporte, moradia, alimentação entre outros, outra medida que a PEC propõe é não haver mais nenhum concurso público pelos mesmos 20 anos afetando diretamente na área de trabalho, ou seja se você tem 18 anos só vai poder fazer concurso com 38, a pior parte disso é que a população mal está sabendo dessa situação e a lei está para ser decretada, se isso acontecer toda a população irá sofrer de forma lamentável.
dddd

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.