domingo, 21 de agosto de 2016

Isaquias fatura medalha de prata e sobe ao pódio pela terceira vez na Olimpíada

Isaquias fatura medalha de prata e sobe ao pódio pela terceira vez na Olimpíada
Foto: Divulgação
O canoísta baiano Isaquias Queiroz e seu parceiro, Erlon de Souza, acabaram ficando com a medalha de prata na  prova de 1000 metros da canoa dupla (C2), na manhã deste sábado (20), na Olimpíada do Rio de Janeiro. Eles  dominaram a prova toda, mas nos metros finais os alemães Sebastian Brendel e Jan Vandrey conseguiram passar à frente para ficar com o ouro.

A medalha de bronze terminou com os ucranianos Dmytro Ianchuk e Taras Mishchuk. Essa é a terceira medalha de Isaquias no Rio 2016 depois da prata nos 1000m da canoa individual (C1) e do bronze nos 200m da canoa individual (C1). O baiano entra para história como o primeiro brasileiro a ganhar três medalhas na mesma Olimpíada.

"Me sinto realizado. Meu objetivo era ter as três provas. Dedico para todo mundo que me ajudou. Estou orgulhoso e feliz por quebrar esse recorde como atleta brasileiro. Não é só meu. Minha equipe toda esta de parabéns. Não é só para mim", afirmou Isaquias Queiroz.

Já Erlon, agradeceu o apoio da torcida: "A torcida foi essencial. Qualquer empurrão a mais ajuda durante a prova. A torcida brasileira nos dá energia e nos leva para cima. Isso nos dá ânimo na prova",  disse.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.