quarta-feira, 4 de maio de 2016

Crimes de mando na região dormem nas gavetas

Crimes de mando na região dormem nas gavetas
O assassinato do prefeito de Itagimirim Rielson Lima, em 2014; o do radialista Ronaldo Santana, há 20 anos, em Eunápolis; o duplo homicídio dos professores da APLB, em Porto Seguro, há 7 anos, são crimes cujos acusados pela Justiça estão impunes até hoje, com seus processos dormindo sono profundo nas gavetas do Tribunal de Justiça da Bahia. O caso Ronaldo Santana chegou a ter júri popular marcado no ano passado, na comarca de Eunápolis, mas voltou a estaca zero. Já os outros dois casos ninguém tem notícias. Os réus dos três crimes são políticos ou têm padrinhos políticos fortes. Dificilmente as gavetas vão abrir.  

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.