quinta-feira, 5 de maio de 2016

ANO LETIVO AMEAÇADO

Ano letivo está ameaçado nas redes municipais.
Ano letivo está ameaçado nas redes municipais.
A Região
A crise econômica vai comprometer o ano letivo de milhares de estudantes de mais de 20 municípios do sul da Bahia. Os professores reivindicam reajuste salarial médio de 11% e os prefeitos alegam que não têm como atender o pedido.
Os gestores alegam que os municípios tiveram uma redução em torno de 30% na arrecadação em relação a 2015. Eles afirmam que, por isso, já estão tendo dificuldade de pagar os atuais salários dos servidores.
Os sindicatos dos professores de diversos municípios do sul da Bahia anunciaram que vão fazer greve por tempo indeterminado se as reivindicações não forem acatadas. Os primeiros a entrar em greve foram os de Itajuípe.
Os profissionais pleiteiam reajuste de 11,36%. Esse percentual foi autorizado pelo Ministério da Educação para o piso nacional dos professores com nível médio.
Esse percentual de 11% é reivindicado também pelos professores de Itabuna, que ameaçam entrar em greve antes mesmo do início do ano letivo, previsto para começar somente no dia 16 justamente por causa de sua longa greve em 2015.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.