segunda-feira, 11 de abril de 2016

Crise piora: a cada hora 282 trabalhadores são demitidos no país

Crise piora: a cada hora 282 trabalhadores são demitidos no país
Já são 9,6 milhões de desempregados, milhares de lojas, empresas de serviços e indústrias fechando, alta inadimplência dos clientes de bancos, financeiras e cartões, setor público estrangulado, construção civil vivendo a pior crise da história. Bem vindo (a) ao Brasil real.
Agora, o comércio e o setor de serviços começam a sentir a crise mais forte, depois do estrago feito na indústria. O desemprego bate na casa dos 9,6 milhões de trabalhadores.Mas, a maior central sindical do país, a CUT, que poderia defender os desempregados, está preocupada em defender o governo Dilma, cuja política econômica levou o país a este cenário terrível.
Em Eunápolis, embora o comércio já tenha começado a fechar lojas e demitir, a economia ainda resiste por dois fatores:
1 - A prefeitura vem comprando e pagando em dias no comércio, além de pagar também em dia os salários do servidores (mais de R$ 9 milhões na economia, todos os meses); ainda mantém um ritmo de obras na cidade que gera empregos diretos e movimenta a economia;
2 - Outro fator é que circula no município boa parte da massa salarial da Veracel Celulose, efetivos e terceirizados, o que ajuda diversos setores.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.