quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Já não era sem tempo

Sem apoio da oposição, Eduardo Cunha deu o troco ao PT que relutava em salvar seu mandato no Conselho de Ética. E acabou prestando um serviço ao país, que precisava de algo para vencer a paralisia que há meses trava a economia, que entrou em depressão, e a política. Agora, cada lado - os pró-impeachment e os pró-Dilma - vai apresentar suas teses dando início a uma batalha que se utilizará de argumentos jurídicos para validar acordos políticos. Cabe à presidente conseguir convencer a opinião pública de que é uma flor de lótus em meio ao lamaçal.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.