quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Sem salário, professores de Canavieiras fazem bazar para complementar renda


Um bazar na Praça da Bandeira, em frente ao prédio da prefeitura, nesta quinta-feira, 15 de outubro, Dia do Professor, a partir das 8 horas.

São os professores em greve, juntamente com demais servidores do setor de educação, que por estarem com os salários atrasados estão organizando esse bazar, para venda de objetos e utensílios usados, para arrecadação de fundos.

A decisão foi tomada na manhã de hoje, durante nova assembleia da classe. Ontem os grevistas fizeram passeata e foram a sessão da Câmara de Vereadores, onde protestaram contra os salários em atraso.

Como já divulgado, o prefeito Almir Melo tinha afirmado que não pagara os salários devido à greve dos bancos. Ele foi desmentido por fontes ligadas aos bancos e sindicato da classe, que dizem que a greve não impede tais créditos.

A propósito, no último dia 9, quando os bancos já estavam em greve, a prefeitura recebeu um credito via Banco do Brasil no valor de 1 milhão e 600 mil reais. (TabuOnline)

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.