quarta-feira, 7 de outubro de 2015

“Pode voltar a qualquer hora”, diz Aleluia sobre vistoria "criminosa" do Detran

“Pode voltar a qualquer hora”, diz Aleluia sobre vistoria
Foto: Secom/Bahia
Na última segunda-feira (5), o governador Rui Costa (PT) determinou a suspensão imediata da obrigatoriedade de vistoria periódica para licenciamento de veículos — um pleito que vinha sendo levantado pelo deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) e pela imprensa. Agora, o democrata cobra a devolução do dinheiro de quem já havia realizado o procedimento e alerta para a volta da medida a qualquer momento.
"Inventaram aqui na Bahia, em Goiás e no Rio de Janeiro uma vistoria obrigatória que varia de R$ 60 a R$ 80 no Detran. Comecei a perceber que no interior existia uma coisa que não era para existir, e era criminosa porque segurava o documento da pessoa, mesmo você pagando o IPVA [Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores]. O Ministério Público Federal também concordou. Então, eu fiz uma carta para o governador dizendo que isso era inconsistente e ele não tomou conhecimento. O que me inspirou foi a bancada de oposição, pelo meu amigo Sandro Régis”, disse, referindo-se ao deputado estadual do Democratas, líder oposicionista na Assembleia Legislativa.
“Agora, quero saber se ele [o Detran] vai devolver de quem pagou, dizendo que foi para o bem do povo. Ele não revogou, ele sustou, isso significa que pode voltar a qualquer hora", alertou, antes de sugerir: "Quem fez a vistoria indevida fica com crédito para fazer de graça no Detran, tudo tem solução”, disse.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.