segunda-feira, 14 de setembro de 2015

CUIDADO QUANDO FOR TATUAR: PM ATUALIZA ESTUDO SOBRE TATUAGENS COM MARCAS DE NOVAS FACÇÕES

PM atualiza estudo sobre tatuagens com marcas de novas facções
Autor da Cartilha de Orientação da Polícia Militar, o capitão Alden José Lázaro da Silva, do Departamento de Polícia Comunitária e Direitos Humanos, fez um novo estudo que identifica as tatuagens utilizadas por membros de facções criminosas na Bahia. O PM estuda o tema há mais de 10 anos. 
Segundo informações do jornal Correio, membros da Katiara, grupo que atua no Recôncavo Baiano, usam o pentagrama ou as letras KT, normalmente nas mãos. De acordo com Alden, as tatuagens tem influência de quadrilhas que agem na América Latina, como Los Zetas, e na máfia russa, que costuma tatuar estrelas nos ombros e joelhos. A Caveira, comandada por Genildo Lino da Silva, o “Perna”, utiliza o desenho de um crânio ou e um mago, que faz referência ao líder da facção, que está preso em Catanduvas (PR). O grupo também lança mão de símbolos associados ao PCC, como a carpa e o número 1533 (referente à ordem das letras no alfabeto, P-15 C-3 C-3) e o yin yang (que simboliza o bem e o mal na cultura chinesa).
O CP, que tem como líder Cláudio Campanha, também preso em Catanduvas, é representada com um escorpião, com a expressão “Tudo 2” (o algarismoestá relacionado à quantidade de letras da sigla) e o número 315 (C-3 P-15). De acordo com o capitão, além de tatuagens, os criminosos se diferenciam com cortes de cabelo e picham muros e imóveis com os símbolos dos bandos aos quais pertencem. 
O estudo mostra ser comum encontrar pichações da Caveira em Pau da Lima, Pernambués (Saramandaia), Federação (Lajinha), Bairro da Paz, Liberdade, Calabar, Santa Cruz (Boqueirão), Cajazeiras, Mussurunga, Itapuã e nos municípios de Itabuna, Madre de Deus, Feira de Santana e Lauro de Freitas. As marcas do CP são encontradas na maior parte de extensão da Avenida Suburbana, Cosme de Farias, Bate Coração (Paripe), Campinas de Brotas e as da Katiara são mais comuns em Valéria, Águas Claras, Lobato e em municípios do Recôncavo.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.