segunda-feira, 14 de setembro de 2015

ITABUNA: POLICIAL MILITAR FICARÁ 21 DIAS PRESO POR CONTA DA GREVE DE 2012

12019978_705315406269652_7652895684075205948_n

Na manhã desta segunda-feira (14), o Soldado Neto da Policia Militar, se apresentou no 15° Batalhão de Itabuna para iniciar o cumprimento de 21 dias de prisão administrativa referente a greve de 2012.

Soldado Neto foi um dos lideres da greve de 2012 e foi condenado pela justiça militar. Logo após a greve de 2012, seis policiais militares foram presos, os soldados Neto, Wadson e Roberto e as policiais Márcia Oliveira, Renata Tereze e Valéria Morais.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.