terça-feira, 8 de setembro de 2015

Dilma transfere poderes militares para ministro da Defesa Jaques Wagner

Dilma transfere poderes militares para ministro da Defesa Jaques Wagner
Foto: Tácio Moreira/ Metropress
Em meio à crise econômica no Brasil e aos rumores de impeachment, a presidente Dilma Rousseff assinou um decreto, publicado no Diário Oficial da União (DOU) da última sexta-feira (4), transferindo decisões de atos militares para o ministro da Defesa. Com isso, Jaques Wagner, atual ministro da pasta, decidirá quem será transferido para a reserva remunerada de oficiais superiores, intermediários e subalternos. Wagner poderá também fazer demissões, promover e dispensar militares, além de outras atribuições. 
Conforme informações do Folha de São Paulo e do Estadão, o decreto estava parado na Casa Civil e foi assinado sem aviso prévio, surpreendendo os oficiais das Forças Armadas. Mas, segundo a Casa Civil, o pedido da assinatura do documento foi feito pela Secretaria-geral do Ministério da Defesa. A decisão entrará em vigor a partir de 14 dias da publicação no DOU.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.