sexta-feira, 4 de setembro de 2015

ACM Neto participa de missa fechada em homenagem ao avô

A morte do senador Antônio Carlos Magalhães no dia 20 de julho de 2007 foi o último capítulo da história de um dos políticos mais influentes e controversos do Brasil. ACM nasceu em 4 de setembro de 1927 em uma pequena casa na Ladeira da Independência, no bairro de Nazaré, em Salvador. Uma das principais lideranças da política nacional, ACM faleceu no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor), em São Paulo.
Nesta sexta-feira (4), em homenagem ao político baiano, o prefeito de Salvador e herdeiro do ex-senador, ACM Neto, juntamente com outros familiares participam de uma missa apenas para íntimos.
ACM foi um dos líderes políticos mais conhecidos da Bahia, ocupando sucessivamente os mandatos de deputado estadual e federal, prefeito de Salvador, governador por três vezes, ministro de Estado e senador. Em julho deste ano, o prefeito de Salvador lamentou os oitos anos da morte do avô nas redes sociais. "Oito anos de muita saudade...". O senador era casado com Arlete Maron de Magalhães, com quem teve quatro filhos.
Nosso site Blog Paulo José presta também homenagem a este que foi um dos maiores construtores da região do cacau e sobretudo da Bahia. Obrigado é muito pouco, presente não é tudo.

Mas, o reconhecimento, isso! Sim, é pra valer...

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.