quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Itapebi: confusão e polícia marcam noite na Câmara após sessão


 

Vereadores da Base aliada do Governo na Câmara municipal de Itapebi (BA) rejeitaram, na noite de terça-feira (11), o pedido de Comissão Processante contra o Prefeito de Itapebi em  denúncia de Infração Politica Administrativa no caso Associação do corpo Clinico da Santa Casa de misericórdia de Vitória da Conquista. 
 
Para que o processo fosse aberto contra o prefeito Francisco Antônio Brito Filho (PSC) seriam necessários pelo menos seis votos, mas isso não ocorreu. Somente quatro vereadores votaram a favor da abertura. Foram eles: Paulinho de Fifia (PSD), Anthero Botelho (PP), Paraíba (PRB) e O vereador Presidente Leonardo Ribeiro, “Leo de Noeme”, (PSB). Os que votaram contra foram, Paulo Mão de quiabo (PP), Plinio Correia (PSD), Geninha (PR), Zé do Leite (PRP) e Neumar Queiroz (PRB).
 
O pedido de Comissão Processante foi recomendado pelo Senhor Ivanilton Bispo dos Santos com denuncia por infração Politico-Administrativa do Prefeito Chico Brito.
 
Com o auditório da câmara lotado e o resultado da votação, foram atirados ovos e tomates nos vereadores que votaram contra. Os manifestantes ficaram nas saídas da câmara municipal impedindo a saída dos vereadores que votaram contra a comissão processante para afastamento do Prefeito.  A revolta aumentou mais ainda quando o secretário de governo Nunes chegou ao local e de imediato foi hostilizado por aqueles que ali ainda protestavam.
 
Os policiais que se encontrava na parte de fora da câmara pediram reforços ao comando da 7ª CIPM em Eunápolis quando chegaram mais três viaturas da Policia Militar de forças especiais CAEMA e PEOT. A partir deste momento houve correria e confronto com os policiais lançando spray de Pimenta e disparando armas com balas de borracha e os manifestantes arremessando pedras contra os policiais.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.