quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Dilma perde apoio da Assembleia de Deus

O Partido Social Cristão (PSC) anunciou a saída da base aliada do governo da presidenta Dilma Rousseff (PT).  O comunicado foi feito nesta terça-feira (12) pelo líder do partido no Senado, Eduardo Amorim (SE).
O PSC é o braço no Congresso Nacional, da igreja Assembleia de Deus, maior segmento evangélico do país, com cerca de 12 milhões de fiéis, e o segundo maior do Brasil, atrás da Igreja Católica, segundo o IBGE.
“O partido fez uma convenção recentemente e tomou essa decisão. Já vinhamos fazendo uma oposição de fato, mas vamos continuar fazendo oposição de forma responsável e construtiva”, afirmou o senador.
Amorim disse que o país vive um momento difícil e a população está “sofrendo muito” com a crise no país. “O partido tomou essa decisão pelo caminho equivocado que o governo vem tomando, não só na economia, mas em diversas outras áreas”, afirmou o senador.
Na Bahia, o PSC é aliado do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.